header top bar

José Antonio

section content

Cajazeiras: uma cidade sem voz no Congresso Nacional

10/04/2021 às 12h39

Coluna de José Antônio (Foto: reprodução/internet).

Por José Antônio

Infelizmente a cidade de Cajazeiras não tem um filho que a defenda, no Parlamento Nacional, suas demandas e as obras de que ela necessita para o seu desenvolvimento. Estamos órfãos de voz.

É muito diferente dos tempos de Edme Tavares e Raimundo Lira, que além de conhecerem a cidade, sabiam dos seus anseios e das lutas que eram necessárias para conquistar obras e serviços.

Nos atuais dias, quando o prefeito ou um dos três representantes de Cajazeiras na Assembleia Legislativa da Paraíba, precisa ir a Brasília defender um pleito da cidade, tem que pedir carona aos deputados federais ou senadores de sua ala partidária ou em quem votou e o acompanhou nas últimas eleições.

Quando é Dra. Paula, o seu guia em Brasília é o deputado Aguinaldo Ribeiro, sendo o deputado Júnior Araújo vai sempre acompanhado de Efraim Filho e esta semana o deputado Jeová, para uma audiência no Ministério do Desenvolvimento Regional, levou consigo o deputado federal Wilson Santiago.

Em Brasília, até mesmo sendo deputado estadual, para abrir as portas dos gabinetes ministeriais, necessário se faz ter a frente um deputado federal ou um senador. Mesmo assim, sendo tolhidos, os representantes de Cajazeiras têm buscado também em Brasília, os seus colegas para conseguir recursos não só para Cajazeiras, mas também para os municípios aonde foram votados.

Tem sido esta a regra geral, mas aqui, acolá outros deputados federais têm se manifestado e vêm destinando verbas, não tão vultosas, para a nossa cidade a exemplo de Welington Roberto.

Recentemente um grupo político de Cajazeiras já teria definido um nome para votar em deputado federal, mas com raízes na cidade de Campina Grande. Já com este gesto, tudo leva a crer que iremos ter dificuldades em eleger um deputado federal, filho de Cajazeiras, ou pelos menos que tenha raízes mais profundas na Região do Alto Piranhas, que conheça os nossos anseios e lutas.

Enquanto não houver eleição, com representantes distritais, dificilmente Cajazeiras vai ter a oportunidade de mandar um filho seu para a câmara federal. O prefeito rasga os votos para um canto, os deputados estaduais rasgam pra outros lugares e os “famosos líderes” “vendem” a sua “boiada” para os “estrangeiros” que não assumem compromisso nenhum com a cidade.

A decisão continua nas mãos do povo, mas quando será que o povo vai deixar se enganar?
“É melhor morrer de pé do que viver de joelhos” (Emiliano Zapata)

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

COMPLICADO

VÍDEO: Vereador afirma que é difícil encontrar o prefeito de Itaporanga na cidade e faz denuncias

COMPLICADO

VÍDEO: Prefeito de cidade da região de Patos desconhece dados da pandemia da Covid-19 e sobre vacinação

LUTO

VÍDEO: Tio de Jeová, ex-vice-prefeito de Cachoeira morre aos 80 anos; políticos prestam homenagens

SITUAÇÃO DIFÍCIL

VÍDEO: Estudantes de Cajazeiras protestam após gestão de Zé Aldemir multar professor em R$ 5 mil e ameaçar aluna de prisão

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!