header top bar

José Antonio

section content

Lembrança para José Cavalcanti em seus 92 anos de vida

12/09/2021 às 15h28 • atualizado em 12/09/2021 às 15h29

Coluna de José Antonio. (Na foto: João Claudino, José Cavalcanti e Dona Ildinete).

Por José Antonio

Discurso de Gilvan Freire, na solenidade de entrega dos títulos de cidadania a João Claudino e José Cavalcanti, na cidade de Triunfo – Paraíba, no dia 22 de junho de 2008.

“João Claudino entrou nesta casa que tem o nome de batismo de sua mãe Francisca, debaixo do teto e das paredes brancas diante do retrato de quem não vive mais. Sob o olhar vigilante e protetor da mãe, João Claudino recebe aqui o titulo de cidadania da terra. Talvez se tivesse falando diante da mãe não quisesse ou não pudesse ou devesse falar, talvez a emoção não deixasse mesmo falar, falou ao lado, não olhou pra ela, porque foi a forma dele falar para os outros, já que com ela ele tem linguagem diferente. Se pudesse revelar aquilo que está dentro da sua vontade, da sua alma e de seus deveres de filho, talvez chegasse ali próximo ao retrato e de frente dela e na altura que está reservada aos seus pés ele se ajoelhasse, beijasse seus pés franciscanos, roçasse os lábios nos seus calos que ela fez para dar a ele aquilo que em morte depois da vida ta dando aos outros: a orientação, o conhecimento, a educação, o preparo para a vida e para o mundo. Talvez quisesse dizer a ela minha mãe como sempre estamos juntos agora um de frente para o outro, e talvez quisesse também dizer a ela: lembra minha mãe de José? Lembra de Zé minha mãe? Lembra de Zé Cavalcante minha mãe, pois ele esta também aqui, como eu em todo tempo cultural dedicado a sua memória esta aqui minha mãe José, no lugar onde tu nasceste. Vim aqui minha mãe como peregrino, eu vim atraído pelo destino, porque é o destino que une os filhos, as mães e as mães aos filhos. Vim aqui minha mãe não para revê-la em foto, eu vim aqui minha mãe para refazer seus passos, vim refazer seus caminhos, caminhar por onde você andou, nos primeiros tempos e vim atraído por esses sentimentos maternal que me une a você para traz e para frente e para sempre. Mas lembra minha mãe José esta aqui. Sabe você minha mãe quem era ele. Muitos jovens estávamos juntos e ele só não foi o seu filho porque não nasceu no seu ventre, mas ele minha mãe foi o meu irmão que não pode nascer do seu ventre, mas você desejou que ele meu irmão fosse. Pois bem minha mãe estamos agora os dois diante do teu retrato, na tua vigilância que nunca esteve ausente de mim, estamos aqui minha mãe para dizer que eu e ele há 50 anos contamos só vitórias, contamos só sucessos, contamos só triunfos. E aqui minha mãe mais tarde eu saio vou-me embora carregando você na minha memória que é tudo quanto basta e preciso, carregando você na minha historia, carregando você na minha trajetória, carregando você em meus caminhos. Eu aqui como seu filho José aqui como seu afilhado como se filho fosse e minha mãe sabe minha mãe esses triunfos essas vitórias haveriam de aqui ser mais de que em qualquer outro lugar, lá fora as vitórias e os sucessos das grandes empresas, dos grandes negócios, dos grandes ganhos dos grandes patrimônios. E aqui minha mãe a vitória dos sentimentos, o triunfo da nossa criação, o triunfo da nossa unidade mãe e filhos juntos no mesmo lugar, pois bem dirá seu João a sua mãe, minha mãe não importa que eu vá você desejou que eu fosse pra algum lugar onde eu crescesse e tivesse a vitória, onde os seus calos nos pés e nas mãos e seus suores no corpo foram bálsamos e foram fortificantes para toda a minha trajetória. Agora minha mãe eu volto lá para o Piauí onde aprendi a amar o mundo em seu nome, onde aprendi a enxergar o nome em sua memória. Fica aqui minha mãe eu e José que fomos ali e acolá. Agora minha mãe dou graças a sua memória e sua origem. Agora minha mãe nós somos também uma mãe triunfante em Triunfo…”

Parabéns Companheiro Zé Cavalcanti, muitas bênçãos sobre você e sua família e o desejo de participar de seu Centenário, daqui a oito anos.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

BANDIDAGEM

VÍDEO: Dupla realiza assalto em Coremas e um deles é preso planejando outro roubo na região de Pombal

A CASA CAIU

VÍDEO: Terceira pessoa é presa na Operação Pega Ladrão, da Polícia Civil, em Cajazeiras

ASSASSINATO

VÍDEO: Homem é morto com vários disparos de arma de fogo em via pública de cidade da região de Pombal

SETEMBRO VERDE

VÍDEO: Grupo da Central de Transplantes da PB inicia Campanha no Sertão e fala ao Balanço Diário

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google: