header top bar

section content

Fechamento de empresas e terror da população por falta de segurança são destaques do Direto ao Ponto

“Você pode escapar de todas as crises, mas da falta de segurança não pode porque de bala ninguém escapa”. Declarou o radialista

Por

07/10/2015 às 14h54

O radialista sousense Jucélio Almeida, no seu comentário do “Direto ao Ponto” desta quarta-feira (07) destacou a falta de segurança na cidade de Sousa e região. Ele lembrou a declaração de um comerciante local que já foi assaltado sete vezes e prometeu fechar as portas do seu comércio.

Jucélio Almeida também lembrou o comentário feito por outro comerciante, desta vez em São Francisco, que teria dito: “Estou sendo roubado duas vezes. Primeiro pelos bandidos e edepois pelo governo”.

Segundo o radialista, a revolta dos empresários é que pagam altos impostos ao governo, mas não recebem nada em troca. 

Ele destacou que a cidade vive três crises: falta de água, crise econômica e falta de segurança. “Você pode escapar de duas, mas da falta de segurança não pode porque de bala ninguém escapa”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras