header top bar

section content

Bandido invade casa de advogado para fazer roubo, mas acaba morto em Sousa. Fotos!

Na luta corporal, o advogado sofreu alguns ferimentos e uma forte pancada na cabeça.

Por

26/09/2015 às 07h59

Acusado morreu após ser atingido com tiro de revólver (foto: WhatsApp)

A onda de roubos e furtos continua aumentando com frequência na cidade de Sousa, mas dessa vez, os criminosos se deram mal durante uma tentativa de assalto e um deles foi morto a tiros após invadir a casa do advogado Marcos Aurélio, que fica localizada no bairro São José.

De acordo com informações da Polícia Militar,  o acusado identificado como “Ronaldo Mão Ligeira”, chegou ao local juntamente com o comparsa, que ficou do lado de fora. Ronaldo pulou o muro da casa e armado com uma faca anunciou o assalto, mas foi surpreendido pelo advogado que percebeu a ação dos criminosos.

O acusado entrou em luta corporal com a vítima, mas o pai do advogado identificado Francisco Florêncio da Silva, conhecido também como “Assis da Cagepa”, ao perceber que o filho estava correndo risco de morte, pegou um revólver e efetuou três disparos, sendo que um atingiu o bandido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e esteve no local, mas “Ronaldo Mão Ligeira” não resistiu ao ferimento e veio a óbito no interior da casa do advogado. Na luta corporal, o advogado sofreu alguns ferimentos e uma forte pancada na cabeça. 

A polícia militar esteve no local isolando a área até a chegada do delegado de plantão e após os procedimentos legais ao caso, o corpo foi encaminhado ao IML da cidade de Patos para ser feito o exame cadavérico.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”