header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Após apreender caminhão de maconha, delegados detalham a operação e mandam recado duro para os criminosos

A carga apreendida em Cajazeiras foi avaliada em quase R$ 2 milhões. As investigações da polícia vão continuar no município.

Por

08/09/2015 às 16h19

A Polícia Civil apreendeu nessa segunda-feira (07), uma grande quantidade de maconha prensada, na cidade de Cajazeiras. A polícia prendeu na ação dois homens, um de 32 e outro de 23 anos.

De acordo com a polícia, cerca de 800 kg da droga, avaliada em quase R$ 2 milhões de reais, estava escondida num teto falso de um caminhão baú, que estava sendo rebocado da Bahia para Cajazeiras por apresentar problemas mecânicos.

?*Polícia Civil age com rigor, prende acusados e apreende 76 quilos de drogas em Cajazeiras. Veja vídeo!

 

Após denúncias anônimas, os agentes se deslocaram até o Sítio Riacho Fundo, Zona Rural de Cajazeiras, onde interceptaram o veículo e apreenderam a droga. A polícia trabalha com hipótese de que os 770 tabletes de maconha vieram do Paraguai. Na ação, também foram apreendidos uma motocicleta, uma espingarda calibre 12, munições, aparelhos celulares.

 

O delegado da seccional de Cajazeiras, George Wellington assegurou que esta foi a segunda maior apreensão do Estado da Paraíba, pois a primeira ocorreu na cidade de João Pessoa. Ele destacou a parceria de toda polícia e revelou que estava investigando há quatro meses, declarando que não parou com esta importante ação.

O delegado Elcenho Engel, responsável pelo flagrante contou que o reboque foi contratado em Capim Grosso, Bahia, sendo o destino inicial, a cidade de Patos, no Sertão da Paraíba. “Chegando aqui eles mudaram o destino da carga”

O delegado do Grupo Tático Especial, Luiz Neto explicou que a localização de Cajazeiras acaba se tornando rota do tráfico para estados do Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte.

 

“A cada dia nos surpreende a organização e o avanço do crime. Mais uma vez uma operação de Cajazeiras apreende grande quantidade de drogas e isso vai desencadear novas investigações de envolvidos no caso”. Destacou Luiz Neto

Ele informou que não pode detalhar o andamento das investigações para não atrapalhar o trabalho da polícia. “A polícia continua trabalhando para tirar de circulação, bandidos que tanto vem fazendo mal à população”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça