header top bar

section content

Receita Federal apreende lixo hospitalar que seria levado para Santa Cruz do Capibaribe

O container continha lixo hospitalar: lençóis sujos, seringas e luvas usadas, entre outros objetos.

Por

11/10/2011 às 22h51

Um container vindo dos Estados Unidos foi apreendido pela Alfândega da Receita Federal do Brasil no Porto de Suape, na tarde desta terça-feira (11). A carga estava identificada na documentação de importação como sendo tecidos com defeito e seria enviada à Santa Cruz do Capibaribe, conhecido pólo têxtil da região.

Ao ser inspecionado pelos auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil, foi constatado que na realidade o container continha lixo hospitalar: lençóis sujos, seringas e luvas usadas, entre outros objetos.

A partir de então, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi chamada para fazer a análise e conferência do material. Ao final a Anvisa deve fornecer um laudo oficial que possibilitará à Receita Federal tomar as medidas cabíveis em relação aos envolvidos no processo de importação fraudulenta.

DIÁRIO DO SERTÃO com ASCOM
 

Tags:
RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado