header top bar

section content

Marido ciumento mata mulher e enteada de 15 anos a facadas em João Pessoa; matéria teve destaque nacional

Suspeito morava com as vítimas há mais de dez anos e fugiu após cometer os assassinatos

Por

03/10/2015 às 12h20

A notícia da morte da mãe e filha em João Pessoa tem repercussão naciona (Foto: Reprodução)

Mãe e filha foram encontradas mortas na casa em que moravam em João Pessoa (PB) na manhã desta quinta-feira (1º). Um homem identificado pela polícia como Givanildo Marcolino dos Santos é o suspeito de matar a mulher Cláudia Bernardino dos Santos, de 44 anos, e a enteada, Vitória Sousa, de 15 anos.

O crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira. As duas foram mortas a facadas.

De acordo com a polícia, o suspeito  morava com a mulher e a filha dela há mais de dez anos.

No entanto, o casamento dos dois estava tumultuado porque o homem era muito ciumento.

Segundo um policial que atendeu à ocorrência, o suspeito sentia muito ciúmes da enteada. 

— Ele morava com as vítimas há mais de 10 anos e atentou conta a vida das duas com uma faca de mesa. O casamento estava tumultuado porque ele tinha um ciúme possessivo da Vitória.

Vizinhos da família relataram que nunca suspeitaram do homem e que ele era “uma pessoa normal” e “sempre foi tranquilo“.

Após cometer os crimes, o suspeito ligou para a filha e disse que "havia feito uma besteira".

Sem acreditar no pai, a jovem entrou em contato com outra filha da vítima que foi até o local e verificou que a mãe e a irmã estavam mortas.

O suspeito fugiu. A polícia ainda não tem pistas de seu paradeiro.

R7

Tags:

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO: Xeque Mate homenageia mototaxistas e entrevista a única mulher mototaxista de Cajazeiras

HOMENAGEM

VÍDEO: Com música ao vivo, programa Diversidade em Foco faz reflexão sobre o Dia das Mães; Assista!

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo