header top bar

section content

Vereadores aprovam votos de aplausos aos profissionais de enfermagem em cidade na Paraíba

O Conselheiro Federal, Doutor Ronaldo M. Beserra comemorou a aprovação do requerimento e parabenizou a vereadora

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

25/05/2018 às 13h12

Foi aprovado o requerimento que a vereadora Luciene de Fofinho (foto: reprodução)

Foi aprovado o requerimento que a vereadora Luciene Andrade Gomes Martinho mais conhecida como Luciene de Fofinho (PSB) apresentado na tribuna da Câmara Municipal, no qual requer “Voto de Aplausos” em ata à todos os Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem e Auxiliares de Enfermagem em comemoração à semana da enfermagem.

Conforme a lei municipal n° 1.194, criada em agosto de 2010 pelo ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal, Mizael Martinho do Carmo, que ficou instituído no município de Bayeux, o dia do profissional de enfermagem, a ser comemorado no dia 20 de maio.

Em nome das enfermeiras da cidade de Bayeux, Cristiane dos Santos Costa e Giane Luna da Silva, a vereadora apresentou os votos de aplausos à toda classe de enfermagem da Paraíba e do Brasil.

O Conselheiro Federal, Doutor Ronaldo M. Beserra comemorou a aprovação do requerimento e parabenizou a vereadora:

“Parabenizo a vereadora Luciene de fofinho e o próprio fofinho que é ex-vereador e enfermeiro, pela propositura e a Câmara dos vereadores pelo reconhecimento dessa categoria tão imprescindível para o cuidar da saúde dos cidadãos de Bayeux. Parabenizo ainda as enfermeiras presentes homenageadas na oportunidade as Dra Giane S Luna da Silva Cristiane dos Santos Costa”, disse Ronaldo.

PORTAL DIÁRIO

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça