header top bar

section content

VÍDEO: Por causa da crise, cresce número de empresas que buscam consultorias no SEBRAE de Cajazeiras

Gerente do escritório do SEBRAE em Cajazeiras afirma que com criatividade é possível não só passar ileso pela crise econômica, como também crescer dentro dela

Por Jocivan Pinheiro

08/07/2019 às 14h08 • atualizado em 08/07/2019 às 14h14

A instabilidade econômica do Brasil vem afetando quase todos os ramos de indústria e comércio. Nas cidades de pequeno e médio porte como Cajazeiras o impacto é ainda maior.

No comércio de bens e serviços, que é a principal mola propulsora da economia da cidade, os empresários e comerciantes tentam sobreviver à crise sem fechar as portas ou demitir funcionários.

Embora essa não seja uma tarefa fácil, o gerente do escritório do SEBRAE em Cajazeiras, Talles Vasconcelos, afirma que com criatividade é possível não só passar ileso pela crise econômica, como também crescer dentro dela. Para isso, segundo ele, é essencial que as empresas passem por programas de consultoria especializada.

Em participação no programa Mensagem Empresarial, da TV Diário do Sertão, Talles conta que o número de empresas em Cajazeiras buscando esse tipo de ajuda no SEBRAE tem aumentado.

“Claro que o mercado está em recessão, você deixa de movimentar a economia, inclusive prefeituras com redução de FPM [Fundo de Participação dos Municípios]. É um impacto cíclico, todo mundo sofre um pouquinho com isso e acabam as empresas também sofrendo”, disse.

“Se você tem uma gestão bem definida, no momento de crise você consegue diminuir custo, comprar menos, diminuir teu estoque. Então, é fazer algumas ações para que a crise não impacte tanto”, completou o gerente do SEBRAE de Cajazeiras.

VEJA TAMBÉM: Programa Mensagem Empresarial reestreia na TV Diário do Sertão em novo dia e horário e recebe gerente do SEBRAE de Cajazeiras

Av. Coronel Juvêncio Carneiro, uma das principais do centro comercial de Cajazeiras

De ‘crise’ para ‘crie’

Ao comentar sobre a importância de se ter ousadia e criatividade em períodos difíceis da economia, Talles Vasconcelos lembrou que costuma aconselhar os empresários e comerciantes a tirarem a letra ‘s’ da palavra ‘crise’ e focar na palavra ‘crie’.

“Não adianta ficar se lastimando e dizendo é a crise. Sim, mas a crise é para todos. Algumas pessoas conseguem se sobressair na crise e até crescer”.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”