header top bar

section content

LUTO NO FUNK: MC G3 é encontrado morto com três tiros dentro de sua casa

Três menores foram apreendidos e um suspeito foi preso pelo crime

Por Notícias ao Minuto

16/08/2018 às 08h36

MC G3 foi encontrado morto com três tiros

O funkeiro Paulo César da Silva, conhecido como MC G3, foi encontrado morto com três tiros em uma casa na Vila São Luís, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, na noite desta quarta-feira (15).

Os policiais descobriram o crime após apreenderem um celular roubado com suspeitos em Copacabana, zona sul do Rio. Após analisarem o telefone, os Pms encontraram mensagens trocadas entre os criminosos sobre a morte do MC na Baixada Fluminense.

Três menores foram apreendidos e um suspeito preso pelo crime. O local da prisão dos suspeitos não foi informado.

Os quatro suspeitos foram levados à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, responsável pela investigação. Segundo a PM, todos os objetos roubados da vítima foram recuperados.

O funkeiro ficou conhecido com a música “O general chegou” que a torcida do Flamengo adaptou para o atacante peruano Paolo Guerrero. Os torcedores cantavam “acabou o caô, o Guerrero chegou”.

Nas redes sociais, fãs do MC G3 postaram mensagens lamentando a morte do cantor dizendo “mais uma lenda do funk se foi”, o “funk carioca hoje chora” e “fica com Deus”.

Um internauta escreveu “tô ouvindo MC G3 arrepiado, querendo ou não faz parte da caminhada e muitos gostava (sic) do som dele, quem vive de funk sabe a falta que vai fazer”.

Fonte: Notícias ao Minuto - https://www.noticiasaominuto.com.br/fama/636925/mc-g3-e-encontrado-morto-em-casa-na-baixada-fluminense

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”