header top bar

section content

Comissária de bordo emociona passageiros com gesto de ternura durante voo e viraliza na web

Um passageiro que estava sentado próximo à cadeira de Niu também se emocionou e registrou o momento de fotografias

Por

26/01/2016 às 08h52

Comissária de bordo chinesa emociona passageiros durante voo (Foto: Divulgação/ Twitter)

Diante de tantas desgraças e acontecimentos desumanos que acontecem todos os dias pelo mundo todo, a aeromoça Fan Huesong, que trabalha na companhia chinesa Hainan Airlines – a maior empresa aérea privada da China -, mostrou que ainda existem pessoas que procuram fazer o bem sem olhar a quem. A comissária ajudou um senhor de 71 anos que, por consequência de um derrame, não consegue sequer segurar talheres para se alimentar.

Durante um voo que ia de Zhengzhou para Hainan, no Sul da China, a aeromoça percebeu que um senhor, identificado como Niu, tinha necessidades especiais. Sendo assim, ela o levou até a primeira classe, por conta da preferência. Após algumas horas de viagem, ao servir a comida, Huesong percebeu também que ele não conseguia se alimentar sozinho.

Para ajudar, a comissária começou a dar comida em sua boca e, inesperadamente, o senhor começou a chorar de emoção. Ela teve ainda que trocar a comida de Niu de arroz para macarrão, uma vez que ele apresentava bastante dificuldade para mastigar os grãos.

Um passageiro que estava sentado próximo à cadeira de Niu também se emocionou e registrou o momento de fotografias, fazendo com que o gesto fosse visto por pessoas do mundo todo.

MSN

Tags:

Recomendado para você pelo google

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras

ESPERANÇA

VÍDEO: Presidente da OAB declara que luta pela permanência da Vara do Trabalho de Cajazeiras não acabou