header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Cantor Wesley Safadão se esquece e não aparece em show e revolta público

Acontece que o empresário do Safadão marcou outros dois shows no mesmo dia

Por

10/11/2015 às 08h35

Cantor dedica música ao ex-casal

Wesley Safadão revoltou o público de Londrina, no Paraná, no último fim de semana. Isso porque o cantor deveria participar da gravação do DVD da dupla Bruno e Barreto, mas não compareceu, de acordo com a colunista Fabíola Reipert, do “R7”.

Acontece que o empresário do Safadão marcou outros dois shows no mesmo dia. Por volta das 3h, a produção do cantor ligou e avisou que o artista não iria a Londrina.

A justificativa dada pela equipe foi de que estava chovendo muito em Uberaba, Minas Gerais, e ficaria difícil chegar ao local. Antes disso, o cantor já havia cantado em Belo Horizonte.

Veja o comunicado na íntegra:

“Devido ao início dos eventos nos quais o cantor Wesley Safadão se apresentou nesse sábado, 7, o primeiro em Belo Horizonte e o segundo em Uberaba – ambos em Minas Gerais, ter fugido a programação prevista, o artista ficou impossibilitado de ir e sem tempo hábil de participar da gravação do DVD da dupla Bruno e Barreto, em Londrina/PR.

No entanto, para seguir o acertado – que é participar deste novo DVD – Wesley Safadão irá gravar um clipe com os cantores, que deve ser inserido na nova obra da dupla.

Wesley Safadão pede desculpas pelo não comparecimento, mesmo sendo de conhecimento de Bruno e Barreto que os motivos fogem ao seu controle e acredita que o trabalho gravado na noite desse Sábado será mais um sucesso na carreira da referida dupla”.

Tv Foco

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça