header top bar

section content

Após nova derrota, Atlético-PB vai dispensar até cinco atletas do elenco

Presidente Eussélio Morais garante que diretoria vai se reunir nesta segunda-feira para analisar quais serão os atletas dispensados. Time é o lanterna do Grupo B

Por Josirleide Oliveira

07/03/2016 às 18h42

Essuélio Morais, presidente do Atlético de Cajazeiras (Foto: Pedro Alves / GloboEsporte.com/pb)

A derrota por 1 a 0 para o Paraíba e a manutenção do time na última colocação do Grupo B com apenas dois pontos conquistados, vão gerar várias mudanças no elenco do Atlético de Cajazeiras. Nesta segunda-feira, o presidente do Trovão Azul, Eussélio Morais, disse que a diretoria deve fazer uma reunião ainda hoje para definir o nome de quatro ou até cinco atletas que vão ser dispensados pelo clube cajazeirense para a sequência do Campeonato Paraibano.

– Nós vamos ter uma reunião mais tarde e estamos com alguns nomes em uma lista para definir quem não continua no clube. A ideia é que uns quatro ou cinco atletas que estão aqui sejam desligados – comentou o mandatário cajazeirense.

Eussélio disse ainda que, para o lugar dos atletas que serão dispensados já estão sendo feitos alguns contatos e que algumas contratações devem ser divulgadas até o fim desta semana. O Atlético de Cajazeiras é o único time do Paraibano que ainda não conseguiu nenhuma vitória e aparece na última colocação do Grupo B, tendo somado apenas dois pontos em sete jogos.

Na próxima rodada, no fim de semana que vem, o Trovão Azul tem o confronto contra o líder do Grupo A, o Campinense, que vem de aplicar uma goleada por 7 a 1 diante do Esporte de Patos, em jogo marcado para acontecer no Estádio Amigão, em Campina Grande.

GE PB

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa