header top bar

section content

Judocas pedem dinheiro em semáforo de João Pessoa para disputar Brasileiro Sub-21

O Campeonato Brasileiro de Judô Sub-21 vai ser disputado por promessas do esporte de todo país.

Por Priscila Belmont

24/05/2017 às 11h56

Rute Macedo e Bruna Mariana lutam para representar a Paraíba no Brasileiro Sub-21 de Judô, na Bahia (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Tetracampeã brasileira e campeã panamericana de judô. Esse currículo é motivo de orgulho para a lutadora paraibana Rute Santos, mas, mesmo com uma lista de títulos tão recheada, ela e a amiga Bruna Mariana estão pedindo dinheiro pelas ruas de João Pessoa para poderem arcar com os custos do Campeonato Brasileiro Sub-21 da modalidade. A competição vai acontecer no próximo fim de semana, na cidade de Lauro de Freitas, na Bahia.

Rute Santos e Bruna Mariana, que é campeã brasileira regional de judô, levam cartazes e pedem ajuda financeira aos motoristas em semáforos de João Pessoa. O “pedágio” divide o tempo das atletas com os treinos diários, que acontecem no ginásio da Vila Olímpica Parahyba, a partir das 18h.

– Às vezes se torna vergonhoso. É meio constrangedor estar pedindo dinheiro para as pessoas que nós nem conhecemos. Mas temos a satisfação de irmos atrás dos nosso sonhos – disse Rute Santos.

O dinheiro que elas estão arrecadando nos semáforos vai servir para ajudar a bancar a viagem, as acomodações e também a alimentação. O Campeonato Brasileiro de Judô Sub-21 vai ser disputado por promessas do esporte de todo país.

Além das meninas, a delegação paraibana vai contar com mais 10 atletas: Ayrton Pinheiro, Talles Nascimento, Matheus Villar, Ewerton Evangelista, Diogo Morais, João Paiva, Luiz Souza, Beatriz Villar, Letícia Souza e Jayane Lima.

– Infelizmente, a gente tem que se submeter a essas situações. Tem que pedir dinheiro no sinal para ter que levar duas atletas de grande porte e de grande nome. Fica aqui, o apelo para poder levar essas meninas e o restante da delegação para a competição. E, quem sabe, nós podemos vê-los nas olimpíadas de 2020 – disse o treinador das meninas e chefe da delegação paraibana no Brasileiro, João Neto.

Globo Esporte PB

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água