header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Ex-jogador do Flamengo xinga Dilma na internet: “vai tomar no c…, vadia”

Atacante, atualmente no Buriram United, da Tailândia, disparou contra a presidente do Brasil nas redes sociais

Por

06/10/2015 às 07h45

Atacante criticou a presidente Dilma (Foto: Divulgação/Buriram)

O atacante Diogo, que defendeu o Palmeiras em 2014 e atualmente defende o Buriram United, da Tailândia, disparou, através do seu Twitter, contra a presidente Dilma.

"Dilma, vai tomar no c… você, o PT e a porra toda", xingou o jogador, que pediu: "Está na hora de nós, jogadores, tomarmos partido".

Em mensagem postada minutos depois, o jogador fez nova crítica, desta vez centralizada ao partido da presidente. "O PT não representa a parte pobre porra nenhuma no Brasil. Os petistas falam 'ah, são os coxinhas'. Vão se f…! Aqui é ZS faz tempo. Vão arrumar um trampo.

Um fato que Diogo chamou atenção é o fato de os atletas brasileiros serem mais cobrados que os políticos de nosso país.

"Os jogadores são mais cobrados que esses políticos corruptos que têm no nosso país. Filhos da p… que estão mamando nas nossas custas", escreveu.

O atacante, revelado na Portuguesa e que também atuou no Flamengo, não se contentou com apenas uma rede social e disparou também no Facebook.

"Governo pilantra e ladrão, que oferece migalhas para a sociedade. Eu vim de uma família humilde e não queremos esmolas, muito menos facilidades. Queremos oportunidades para crescer na vida", postou ele, antes de encerrar com mais ofensas à Dilma:

"Dilma, vai tomar no meio do seu c…, sua vadia", concluiu.

Band

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir