header top bar

section content

Neymar, James, Messi e Müller: Confira a Seleção da Copa da Fifa

Com as estatísticas em mãos, os analistas dão notas de 0 a 10 para cada jogador, e as melhores médias por posição resultam na seleção da Fifa

Por

23/07/2014 às 11h10

A Fifa anunciou nesta quarta-feira a seleção da Copa do Mundo eleita por voto popular. Apesar da trágica derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, a seleção brasileira tem quatro representantes no time do Mundial: David Luiz, Thiago Silva, Marcelo e Neymar.

Além dos brasileiros, o “Dream Team” da Fifa é composto pelos alemães Manuel Neuer, Hummels, Toni Kroos e Thomas Mueller, pelos argentinos Di Maria e Messi, e pelo colombiano James Rodrígues. Joachim Löw, campeão com a Alemanha, foi escolhido o melhor treinador.
 
A votação da seleção da Copa do Mundo não leva em conta critérios técnicos. Os torcedores votaram entre os dias 27 de junho e 13 de julho no site da Fifa e elegeram os 11 jogadores, além do melhor treinador da Copa.

A seleção divulgada pela Fifa nesta quarta não tem qualquer relação com o time anunciado logo após a Copa do Mundo, baseado em índices técnicos. Nele, David Luiz e Oscar são os representantes brasileiros. o índice mede itens como passe, desarme e movimentação em campo e uma equipe avalia se esses números influenciaram positivamente ou negativamente nas jogadas de gols da partida. Com as estatísticas em mãos, os analistas dão notas de 0 a 10 para cada jogador, e as melhores médias por posição resultam na seleção da Fifa.

Globoesporte

Tags:

Recomendado para você pelo google

AGRESSÃO AO MEIO AMBIENTE

VÍDEO: Após lutar contra fogo em serra, padre faz alerta sobre queimadas ‘criminosas’ em Cajazeiras

COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras abre campanha Outubro Rosa com entrega de mamógrafo para a população

ECONOMIA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe empresário José Kennedy e debate sobre o setor calçadista no Brasil

JUSTIÇA

VÍDEO: Xeque Mate promove debate entre promotor e advogado sobre nova lei de abuso de autoridade