header top bar

section content

Vasco completa 113 anos. Clube tem participação em diversos setores importantes da história do país

No domingo, 21 de agosto, o Clube de Regatas Vasco da Gama completa 113 anos cercado por belas histórias e curiosidades de grande importância para seus torcedores e para o futebol brasileiro. E toda essa história começou com uma reunião entre um grupo de remadores que para comemorar o quarto centenário da viagem de descoberta […]

Por

21/08/2011 às 16h29

No domingo, 21 de agosto, o Clube de Regatas Vasco da Gama completa 113 anos cercado por belas histórias e curiosidades de grande importância para seus torcedores e para o futebol brasileiro.

E toda essa história começou com uma reunião entre um grupo de remadores que para comemorar o quarto centenário da viagem de descoberta do caminho marítimo para as Índias pelo navegador Vasco da Gama, em 1498, resolveram criar um clube de remo no Rio de Janeiro. Nascia ali o Clube de Regatas Vasco da Gama.

Nesses 113 anos várias batalhas importantes foram travadas ao longo das águas e gramados do Brasil a fora e por terras estrangeiras. No futebol propriamente dito, o clube tem a história mais ligada a formação do povo brasileiro e a estrutura na qual se encontra hoje. O Vasco, seguindo uma ideia de abranger e unir diversos setores de classe foi o primeiro clube no Brasil a aceitar a inclusão de negros, mulatos e pobres no cenário esportivo nacional, o que causou a revolta dos considerados clubes de elite do futebol carioca, leia-se Flamengo, Botafogo, Fluminense e América, que foram contra a tal atitude e expulsaram o time vascaíno do Campeonato carioca. Fato esse que gerou revolta na grande massa carioca que forçou os clubes rivais do Vasco a aceitarem a equipe de volta as grandes competições apenas um ano depois da decisão de afastamento.

O que se viu a partir daí foi uma história que englobou diversas sensações, desde alegria e vitórias inesperadas a decepções e tristezas inesperadas, como a do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2008.

Mas não foi só no esporte que o Vasco se apresentou para os brasileiros. São Januário, seu estádio, foi palco diversas vezes dos corais regidos pelo maestro Heitor Villa-Lobos, Contudo, o grande marco do estádio foi em 1940, quando as tribunas do estádio foi o local escolhido por Getúlio Vargas para sediar o comício do dia 1º de maio que criou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), as leis trabalhistas que até hoje são usadas no pais. E a partir daí os grandes discursos do então presidente passaram a ser realizados no estádio do Vasco.

E pensando nessa vasta história é que apresentamos algumas das curiosidades que envolvem os 113 anos do Vasco dentro do cenário esportivo nacional. Confira abaixo e conheça um pouco da história cruzmaltina.

A história em números – Em 113 anos de existência, o Vasco disputou 5364 jogos, onde venceu 2867 vezes, com 1231 empates e 1266 derrotas, um aproveitamento de 53,4%. Ao todo a equipe da Cruz de Malta marcou 10604 gols e levou 6279. Em Campeonatos Brasileiros a equipe disputou 1403 jogos, onde venceu 414, empatou 321 e perdeu 308 partidas.

Primeira ação de marketing do futebol brasileiro – Em 1935 o Vasco inovou ao ser o primeiro clube no Brasil que fez uso de uma estratégia de marketing para a contratação de um jogador. Tratou-se do atacante gaúcho Luiz Carvalho, que chegou ao Rio de Janeiro graças a um grupo de produtores de vinho do Rio Grande do Sul, que queriam aumentar suas vendas junto a colônia de portugueses, aonde todo o salário de Carvalho era pago por esses produtores. Em campo o atacante correspondeu ao marcar oito gols e ajudar o Vasco a se sagrar campeão carioca de 1936.

Festa na casa do adversário – Para promover a inauguração de seu estádio da Gávea em 1938, o Flamengo fez questão de convidar para o jogo a equipe que começava a incomodar sua hegemonia dentro do cenário carioca, o Vasco. E o jogo não poderia ser melhor para os torcedores vascaínos, que com o placar de 2 a o viram seu clube ser o primeiro a ganhar dentro do estádio do maior rival. Ao todo em 15 jogos na Gávea o Vasco venceu oito, empatou um e perdeu seis jogos.

Um estádio com ar de superioridade – O canal de televisão voltado ao turismo, Travel Chanenel, em 2002, colocou o estádio de São Januário entre os sete melhores estádios do mundo para se assistir uma partida de futebol, o único no Brasil a ser eleito e o segundo da América do Sul, junto com La Bombonera do Boca Juniors.

Gol olímpico é obra vascaína – No dia 28 de março de 1928, o Vasco venceu a equipe do Wanderes, do Uruguai, por 1 a 0 onde o gol dos cariocas foi marcado através de uma cobrança de escanteio. Como o adversário era um time uruguaio, e o país já era campeão olímpico, o gol foi batizado com o nome de gol Olímpico.

Sua vocação é o gol – O Vasco é o clube que mais fabricou artilheiros em todas as edições do Campeonato Brasileiro. Com oito matadores, a equipe carioca colocou na sua lista seus principais jogadores, Romário por tres vezes (2000, 01 e 05); Roberto Dinamite (1974 e 84); Bebeto em 1992; Edmundo em 1997 e o menos conhecido deles, Paulinho, que dividiu a artilharia com Dinamite em 1984.

Torcedores famosos – A lista de torcedores ilustres do Vasco da Gama é uma das mais ecléticas do futebol brasileiro, incluindo grandes nomes da política, artes e esporte. Conheça alguns dele.

Getúlio Vargas, João Goulart, Juscelino Kubitschek e Sérgio Cabral na política; Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Raul Seixas, Gonzaguinha, Marcelo Camelo, Dona Ivone Lara, Erasmo Carlos, Fernanda Abreu, João Gilberto, Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Pixinguinha na música; Ana Furtado, Bruno Mazzeo, Antônio e Camila Pitanga; Chacrinha, Chico Anysio, Daniela Monteiro, Danielle Winnits, Eri Johson, Fátima Bernardes, Marcos Palmeira, Miguel Falabella, Murilo Rosa, Nelson Freitas,Renato Aragão, Rodrigo Santoro, Sônia Braga, Taís Araújo e Tônia Carreiro na televisão e teatro; Ademir Marques de Menezes, Nelson Piquet, Marcelinho, Guilherme Tâmega, Teco Padaratz, Adriana Behar, Shelda e Dora Vergueiro nos esportes.

www.fanaticosporfutebol.com.br

Tags:
COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB

UNA FREVO 2019

VÍDEO: Com 16 atrações, destaques nacionais e percurso do frevo, carnaval da cidade de Uiraúna é lançado