header top bar

section content

Conheça os jogadores que decaíram no pós-glória. Muitos deles faliram.

Gazeta Press O ex-craque Muller foi um dos grandes do futebol brasileiro. Chegou a ser campeão mundial junto com a seleção, em 1994, nos Estados Unidos, além de bicampeão na Libertadores e no Brasileirão. Hoje, no entanto, vive o drama de morar de favor na casa de um ex-colega de clube, Pavão. Gazeta Press Mané […]

Por

19/05/2011 às 20h41

/Gazeta Press

O ex-craque Muller foi um dos grandes do futebol brasileiro. Chegou a ser campeão mundial junto com a seleção, em 1994, nos Estados Unidos, além de bicampeão na Libertadores e no Brasileirão. Hoje, no entanto, vive o drama de morar de favor na casa de um ex-colega de clube, Pavão.

/Gazeta Press

Mané Garrincha encantou o mundo em 1962, na Copa do Chile, com seus dribles de pernas tortas que levaram a seleção brasileira ao bicampeonato mundial. Depois, no entanto, entrou em um período não tão glorioso, no qual tentou até se matar. Ele morreu em 1983, em consequência do alcoolismo.

/Gazeta Press

Jorge Mendonça tem seu nome marcado nas histórias do Náutico (PE) e do Palmeiras, clubes pelos quais melhor atuou. O ex-craque, no entanto, passou por um período de crises após sua carreira de sucesso: perdeu imóveis em Recife e São Paulo e brigou com sua família. Morreu de infarte, em 2006.

/Gazeta Press

Régis Pitbull fez fama no Corinthians. Mas a carreira de sucesso do ex-atacante deu lugar às drogas. O jogador luta contra o vício de crack, mas a recuperação parece ser difícil. Em março de 2011, ele agrediu um colega que estava internado junto com ele em uma clínica.

/Gazeta Press

O ex-jogador Romário tem um currículo genoroso, incluindo a conquista da Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos. Mas depois se envolveu em diversas polêmicas, chegando a criticar Pelé e ser acusado de crime ambiental. Em 2010, foi eleito deputado federal pelo PSB-RJ;

/Gazeta Press

Vitor se destacou no futebol nacional e internacional. Pelo Brasil, teve uma passagem gloriosa pelo São Paulo. No exterior, defendeu o Real Madrid. Após pendurar as chuteiras, no entanto, o ex-lateral teve esquecidos seus feitos nos gramados.

/Gazeta Press

Índio, ex-lateral-direito do Corinthians, não deixou por menos ao sair do clube. Sem ter muito sucesso nos demais times por onde passou, resolveu fazer revelações bombásticas sobre o período em que defendeu o Timão. Afirmou, inclusive, que sem empresário nem orientação, deixou que filhos de dirigentes comandassem seus vencimentos – sempre incompletos. Hoje, vive sem conseguir colher os frutos daquela época "rentável".

/Gazeta Press

No extremo canto direito desta foto, está registrada uma das poucas imagens de um dos maiores jogadores do país. José Ribamar de Oliveira, o Canhoteiro, foi craque em sua época – defendeu o São Paulo por 10 anos e a Seleção Brasileira, no mesmo período, marcando 16 gols. Mas sua habilidade em campo não se refletiu na vida: vivia de bar em bar no bairro que escolheu para morar, na zona oeste de São Paulo.

R7

Tags:

Recomendado para você pelo google

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB

DESTAQUE NACIONAL

VÍDEO: Juizado Especial Misto de Cajazeiras atinge um dos melhores índices de atendimento do Brasil

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: ortodontista sousense revela as orientações para manter a saúde bucal das crianças em dia

MÚSICA E ORAÇÃO

VÍDEO: 5º Show Pela Paz em Cajazeiras bate recorde de público com show do artista católico Thiago Brado