header top bar

section content

Bancários da Paraíba iniciam greve por tempo indeterminado nesta terça-feira

Os bancários da Paraíba iniciam greve nesta terça-feira (6).

Por

06/10/2015 às 08h00

Bancos entrem em greve na Paraíba. Veja!

Os bancários da Paraíba iniciam greve nesta terça-feira (6). A paralisação atinge tanto bancos públicos quanto privados e, segundo os sindicatos representativos da categoria, cerca de 4,5 mil bancários devem cruzar os braços, mantendo apenas o número mínimo de funcionários exigido por lei.

*Em greve 80% dos serviços dos Correios pararam; Bancos podem aderir a greve

O início da greve foi definido em assembleias realizadas pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba e Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região no último dia 1º. 
A categoria reivindica 16% de reajuste salarial, mas os bancos ofereceram 5,5%. Uma vez iniciada a greve, devem funcionar apenas os serviços de autoatendimento e a compensação de cheques e depósitos, realizados pelos 30% dos bancários que, por lei, devem continuar trabalhando.

Para evitar contratempos, o consumidor deve se antecipar e procurar outros meios de realizar as transações. “A primeira dica é verificar se o banco oferece canais alternativos para atendimento. Se oferecer, o consumidor deve utilizar esses canais para evitar a falta de pagamento das contas. Se não for possível o uso de outros canais, como o caixa eletrônico ou a internet, o cliente deve formular reclamação direto com a empresa que está com a cobrança, de maneira a se documentar pela falta de opção de pagamento”, orienta o gerente do Procon Campina Grande, Rodrigo Reul.

G1PB

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas