header top bar

section content

Homem é preso por agredir companheira grávida e obrigá-la a cavar a própria cova

Vítima era mantida em cárcere privado. Caso ocorreu na zona rural de Bonito

Por Luzia de Sousa

16/09/2018 às 08h54

Vítima também foi agredida nas pernas com pedaços de madeira (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um homem foi preso na noite da terça-feira (4) suspeito de agredir e manter a companheira dele em cárcere privado na zona rural de Bonito, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, ele planejava matar a mulher, que estava grávida, e a obrigou a cavar a própria cova.

Ainda segundo a PM, o homem usou uma peça de uma motocicleta e pedaços de madeira para agredir a companheira dele. A cova na qual a vítima seria enterrada foi cavada no quintal da casa onde o casal morava, conforme informou a polícia.

Ao perceber a chegada dos policiais, o suspeito tentou fugir, mas foi detido. Na residência foram encontradas duas armas de fogo e peças de motos roubadas.

O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por lesão corporal, ameaça, posse ilegal de arma de fogo e cárcere privado. Ele deve passar por audiência de custódia nesta quarta (5). Não foi informado de quantas semanas a vítima estava grávida nem se o bebê sobreviveu.

NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens