header top bar

section content

Ex-Spice Girl é hospitalizada com duas costelas quebradas e sem a mão

A cantora Mel B postou imagem do pós-operatório nas redes.

Por Metrópoles

17/12/2018 às 07h48

UNIVERSAL CITY, CALIFORNIA - DECEMBER 04: Mel B visits "Extra" at Universal Studios Hollywood on December 04, 2018 in Universal City, California. (Photo by Noel Vasquez/Getty Images)

A ex-Spice Girl Mel B cancelou todos os compromissos que havia para os próximos dias em Nova York. O motivo foi um acidente que a cantora não detalhou. Na manhã desta segunda-feira (10/12), ela foi hospitalizada com duas costelas quebradas e sem a mão direita. Após uma cirurgia de três horas, os médicos conseguiram recolocar o membro no lugar.

A Spice Girl está na cidade americana para promover o lançamento de seu livro, Brutally Honest, e se mostrou muito entristecida por cancelar seus compromissos. “Peço perdão a cada pessoa que comprou ingresso para me encontrar. Estou absolutamente enjoada, mas posso garantir que vai acontecer em outra data, prometo”, escreveu em post no Instagram.

A cantora recebeu visitas mais que especiais: suas ex-colegas de conjunto, Mel C, Geri Halliwell e Emma Bunton marcaram presença. O quarteto aproveitou para registrar o momento. “Quando suas melhores amigas aparecem no hospital com abraços, risadas e muito amor”, escreveu a Scary Spice.

Ainda não há detalhes sobre o acidente de Mel B.

Visualizar esta foto no Instagram.

Fonte: Metrópoles - https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/celebridades/ex-spice-girl-e-hospitalizada-com-duas-costelas-quebradas-e-sem-a-mao

Recomendado para você pelo google

RELAÇÃO COM EMPRESÁRIOS

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras não descarta fazer uma reforma tributária e manda recado para ‘algozes’

SERVIÇO MILITAR

VÍDEO: Quase 100 novos atiradores são incorporados ao Tiro de Guerra de Cajazeiras durante solenidade

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras