header top bar

section content

VÍDEO: Em Ipaumirim-CE, cardeal pede renovação política: “Se não fizeram nada até agora, não farão mais”

Segundo o líder religioso, para que essa renovação se concretize na prática é necessário que o povo se torne mais consciente e vigilante

Por Jocivan Pinheiro

22/01/2018 às 13h01 • atualizado em 22/01/2018 às 13h02

A tradicional romaria à Pedra de São Sebastião, na cidade de Ipaumirim-CE, e a inauguração da imagem do santo reuniram mais uma vez um grande número de fiéis católicos que anualmente fazem o trajeto em busca de milagres ou simplesmente para agradecerem pelas graças alcançadas.

Neste ano, além da presença popular, líderes políticos e religiosos vivenciaram o ápice da religiosidade do povo nordestino. O arcebispo emérito de São Paulo, cardeal Dom Raymundo Damasceno, foi o convidado especial para abençoar a nova imagem de São Sebastião. Durante a oportunidade, ele fez questão de alertar o povo para a importância de uma consciência crítica neste ano eleitoral.

VEJA TAMBÉM: Fiéis se reúnem para tradicional romaria em louvor a São Sebastião e inauguração de estátua em Ipaumirim-CE

O cardeal defendeu a renovação do quadro político do país para que haja mais comprometimento com as causas sociais e não com interesses particulares.

“Nós passamos por uma crise política, social e econômica muito séria, e o povo é chamado mais uma vez a exercer a sua cidadania escolhendo aqueles que vão dirigir nosso país, e devemos exercer nosso direito com muita responsabilidade. É necessário renovar os quadros políticos do nosso país. Precisamos de gente nova que traga soluções novas para os problemas que nosso país enfrenta. Pessoas criativas e comprometidas com o bem do nosso povo”, declarou.

Cardeal Dom Raymundo Damasceno em Ipaumirim-CE

No entanto, segundo o líder religioso, para que essa renovação se concretize na prática é necessário que o povo se torne mais consciente e vigilante, “investigando” a atuação dos políticos.

“Voto não tem preço, tem consequências, e quem mais sofre as consequências da corrupção são os pobres. Se [os atuais políticos] não fizeram nada até agora, não vão fazer daqui pra frente.”

CEARÁ 1

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador