header top bar

section content

26 ex-prefeitos disputarão vagas na Assembléia

A disputa pelas 36 vagas a deputado estadual na Assembléia Legislativa da Paraíba, na campanha eleitoral deste ano, terá a participação de 26 ex-prefeitos e três prefeitos, e a idéia deles é formar a maior bancada municipalista de todos os tempos na chamada “Casa de Epitácio Pessoa”. Dos 26 ex-prefeitos que estarão na disputa, 12 […]

Por

18/01/2010 às 22h26

A disputa pelas 36 vagas a deputado estadual na Assembléia Legislativa da Paraíba, na campanha eleitoral deste ano, terá a participação de 26 ex-prefeitos e três prefeitos, e a idéia deles é formar a maior bancada municipalista de todos os tempos na chamada “Casa de Epitácio Pessoa”. Dos 26 ex-prefeitos que estarão na disputa, 12 já são deputados que irão lutar pela manutenção de suas vagas.

São nomes como Expedito Pereira (Bayeux), Ivaldo Moraes (Alagoa Nova), Branco Mendes (Alhandra), Olenka Maranhão (Araruna), Arnaldo Monteiro (Esperança), Márcio Roberto (São Bento), Dinaldo Wanderley (Patos) e Dr. Verissinho (Pombal), entre outros. Estes parlamentares foram prefeitos de seus municípios e formam hoje a bancada municipalista da Assembléia.

Os outros 14 são ex-prefeitos de municípios pequenos e grandes, como o ex-deputado e ex-prefeito de Areia, Sebastião Tião Gomes, Marcos Martins (Mari), Josinaldo Vieira (Cubati), Valdemar Marinho, conhecido como Demazinho (Várzea), Salomão Gadelha (Sousa), Wilson Braga (João Pessoa) e Vituriano de Abreu (Cajazeiras), entre outros.

Por enquanto, apenas três prefeitos apresentaram seus nomes para a disputa por vagas na Assembléia Legislativa da Paraíba: José Vieira (Marizópolis), Aragão Júnior (Matinhas) e Jota Júnior (Bayeux).

Família unida

Outros políticos influentes vão disputar as próximas eleições e também apoiarão parentes na disputa por vagas na Assembléia Legislativa e na Câmara Federal. O deputado federal Wellington Roberto (PR) pode ser candidato à reeleição ou ao Senado, mas já decidiu: apoiará o filho, Caio Roberto, para deputado estadual.

A mesma situação vive o deputado federal Wilson Santiago (PMDB): pode ser candidato à reeleição ou ao Senado e terá o seu filho, Wilson Júnior, candidato a deputado estadual.

O governador José Maranhão (PMDB) terá os sobrinhos Benjamin Maranhão (federal) e Olenka Maranhão (estadual) na disputa deste ano. Os dois são filhos da prefeita de Araruna, Wilma Maranhão, irmã do governador.

O senador Efraim Morais (DEM) espera ser reeleito e acredita que irá reeleger o filho, o deputado Efraim Filho. O tucano Cássio Cunha Lima (cassado do Governo da Paraíba por práticas ilícitas durante a campanha de 2006), terá o tio, Arthur Cunha Lima na disputa por uma vaga na Câmara e Romero Rodrigues para a reeleição na Assembléia.

Seis da AL disputarão a Câmara
Dos 36 deputados estaduais, pelo menos seis devem ingressar na disputa por vagas na Câmara Federal: Quinto de Santa Rita (PMDB), Ruy Carneiro (PSDB), Arthur Cunha Lima (PSDB), Rodrigo Soares (PT), Leonardo Gadelha (PSC) e Aguinaldo Ribeiro (PP).
Dos atuais deputados estaduais, apenas Fabiano Lucena não seria mais candidato, e os demais já mapearam suas áreas e estão em plena campanha eleitoral.

Dia e noite, os candidatos percorrem todos os recantos da Paraíba para encontros políticos com prefeitos, ex-prefeitos e vereadores. Em busca de voto, participam de festas de aniversário, batizado, casamento, emancipação política e festas de padroeiros das cidades.

Da redação do Diario do Sertão
Com Jornal Correio da PB

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo