header top bar

section content

Temperatura Máxima na Faisqueira

A coluna semanal com os destaque da política local

Por

16/11/2009 às 01h14

Acendendo e apagando
O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras estava se emperiquitando num salão de beleza da cidade quando ouviu de um cidadão, cuja esposa trabalha no Hospital Infantil, que a mesma teria sido contratada com a única finalidade de acender as luzes do nosocômio. Este fato teria sido narrado pelo mesmo numa sessão da Casa de Otacílio Jurema. Pasmem!

Acendendo e apagando 2
Depois que o vereador presidente narrou o acontecido, uma funcionária demitida do referido hospital, que ocupava a tribuna da casa, para denunciar a sua demissão, complementou: e uma outra pessoa foi contratada exclusivamente para apagar as luzes que a outra acendia. Funcionárias vaga-lumes. Que moleza!

Acendendo o fogo

A vereadora Léa Silva (DEM) parece que começou a esquentar as turbinas. Na última segunda-feira levou para a sessão da Câmara, um grupo de funcionários do Hospital Infantil de Cajazeiras que teriam sido demitidos por perseguição política ou coisa que o valha. Algumas com mais de cinco anos de serviço prestado aquela casa de saúde.

Acendendo o fogo 2
O vereador Severino Dantas (PT), aliado e líder do prefeito na Casa, diante das denúncias das ex-funcionárias não se conteve e demonstrando uma profunda indignação proclamou que iria falar com o prefeito Léo Abreu e se o mesmo não estancasse este tipo de atitude por parte destes agentes estaria pronto para romper. O olheiro/ouvidor da Faisqueira comentou: “este é Severino Dantas que eu sempre conheci”.

Panelinhas na Panela
Tanto o pessoal da situação como o da oposição gosta de freqüentar o restaurante Panela de Barro, às margens do Riacho da Curicaca. Só que a mesa da situação é sempre mais animada, porque tem um afinado cantor, que é o prefeito Léo Abreu, que deleita os seus amigos e aliados com belas canções.

Panelinhas na Panela 2
O pessoal da oposição, com certo ar de inveja, já contratou uma professora para dar umas aulas de canto e violão ao ex-prefeito Carlos Antonio, mas pelo andar da carruagem, Carlos não leva o menor jeito para o negócio: desafina até quando vai dar a benção à mãe. Um outro da oposição já teria se oferecido para substituí-lo, mas não foi aceito e continuam insistindo com Carlos Antonio. Enquanto Carlos não está pronto para soltar a voz, o jeito é se contentar com o novo galo do terreiro: Léo Abreu, até um dia em que a panela de barro não se quebre.

Salva por um triz
No último domingo, dia 08, durante a festa da Padroeira do Sítio Serra da Arara, três indivíduos residentes no Sitio Almas resolveram acabar com a festa travando uma forte luta contra um único elemento da localidade. E o quebra-quebra começou. Foi cadeira, mesa, tamborete, garrafa, pau da barraca e o “escambau” para os ares. Uma devota e religiosa senhora conseguiu salva a imagem da Santa, correndo com ela debaixo dos braços. Os engraçadinhos fugiram do local, mas foram interceptados pela polícia nas proximidades do Hospital Infantil e trancafiados no xadrez, sem a proteção de Nossa Senhora.

Águas para o mar
Um breve comentário de um cidadão ao passar diante do que foi o Hospital Albert Sabin, pertencente ao ex-prefeito e candidato a deputado estadual, Antonio Vituriano de Abreu: “este prédio antes servia de abrigo para curar os males do corpo e hoje está se transformando numa escola para curar a cegueira do analfabetismo e depois de muitos anos fechado deve ter sido alugado por uma boa grana”. E arrematou: “é ás águas só correm para o mar, agora é a vez dos abreus”.

Festa dos prefeitos
Estaria sendo programada, uma baladissima festa, pelos prefeitos filiados a AMASP, com a finalidade de arrecadar fundos para investir na ampliação de sua sede. Os convites já estariam sendo expedidos para toda bancada federal e aos deputados estaduais com atuação na região. A festa não vai ser na “poiva”, cada um deverá contribuir com uma cota. Tem gente apostando por aí que tem deputado estadual que vai dar um calote. Mas parece que os organizadores da festa não vão vender mesas para receber depois, tem que ser a vista, senão será barrado no baile. Que vergonha!

Festa dos prefeitos 2
Os candidatos a governador seriam também convidados, principalmente José Maranhão e Ricardo Coutinho, ambos amigos do presidente da entidade, prefeito Léo Abreu. Como o espaço para a festa deverá ser muito grande tem possibilidade de se evitar um encontro dos dois. Vai ser uma sinuca de bico para muitos que vêm prometendo, no escurinho do cinema, votar nos dois. E nesta festa não vai ter “boquinha” e nem “desculpa esfarrapada”, tem que sair mesmo de cima do muro. Vai ser uma zorra esta festa! Podem acreditar.

Do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Tags:

Recomendado para você pelo google

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição

FENÔMENO

VÍDEO: Menino cajazeirense impressiona com habilidade no teclado e por ter fabricado instrumento