header top bar

section content

Ruy Carneiro diz que Verissinho está “enlameado” e o acusa de plagiar projeto seu

A denúncia feita na última quarta-feira, dia 03, pelo deputado estadual Abmael Lacerda (Verissinho-PMDB), contra a antiga direção do hospital distrital de Pombal, continua sendo motivo de troca de acusações, na cidade sertaneja. Depois do ex-diretor e atual vice-prefeito, Geraldinho (PSDB), rebater as acusações e acusar o parlamentar pombalense de tentar desviar o foco da […]

Por

07/06/2009 às 17h56

A denúncia feita na última quarta-feira, dia 03, pelo deputado estadual Abmael Lacerda (Verissinho-PMDB), contra a antiga direção do hospital distrital de Pombal, continua sendo motivo de troca de acusações, na cidade sertaneja.

Depois do ex-diretor e atual vice-prefeito, Geraldinho (PSDB), rebater as acusações e acusar o parlamentar pombalense de tentar desviar o foco da decisão do Tribunal Regional Federal, que manteve sua inelegibilidade, o também deputado estadual Ruy Carneiro (PSDB) “soltou o verbo” contra o colega, ao conceder entrevista à rádio Liberdade FM de Pombal, na sexta-feira (05).

O tucano negou que tenha usado o termo “perigosa”, com a prefeita Polyana Feitosa, conforme foi dito por Verissinho, que foi obrigado a retirar a palavra, após ser chamado atenção pelo petista Jeová Campos, durante discurso na tribuna da AL.

“Lamento a atitude de Verissinho, que deveria cuidar dos seus processos, que não são poucos. Então, envolvido nesse mar de lama, o deputado usou daquela lógica que diz que a melhor defesa é o ataque, e de maneira leviana, partiu para o ataque, para que as pessoas não prestem atenção para o escândalo que aconteceu com ele. Esse sim, escândalo verdadeiro”, comentou Ruy.

NALDO SILVA
Da redação do Diário do Sertão
Liberdade Fm – Pombal

Quanto às acusações feitas contra o hospital, Ruy disse que cabe ao autor das denúncias o ônus da prova.

“Agora, é preciso que a população de Pombal saiba diferenciar: uma coisa é uma acusação, e outra coisa são as condenações contra ele, em vários tribunais, em virtude de desmandos administrativos, quando ele foi prefeito”, atacou.

Ainda de acordo com Ruy, não é possível que o judiciário esteja errado, nas suas sentenças, e Verissinho esteja certo, conforme tenta passar a impressão.

Quanto à utilização do termo “perigosa”, Ruy desmentiu o colega pombalense que tenha feito qualquer referência à citação.

“Na verdade, o perigoso é ele, por ter criado essa história; por ter tantos problemas na justiça, e pela postura que tiveram, quando Jairo [Feitosa – ex-prefeito] faleceu. Aquilo é que é comportamento de pessoa perigosa”, disse Ruy.

Por fim, Ruy ainda acusou Verissinho de plágio de um projeto de lei, apresentado na Assembleia Legislativa.

“Além de cuidar dos muitos processos dele, é preciso que ele faça um bom mandato, porque o único projeto que Verissinho apresentou na Assembleia, foi uma cópia de um projeto meu, que torna o voto aberto na Assembleia. Ele não teve nem a criatividade de apresentar outro, simplesmente copiou meu projeto e se ele tentar desmentir, eu mando a cópia para ele”, desafiou.

Liberdade FM – Pombal

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa