header top bar

section content

Curso de Medicina da UFCG em Cajazeiras é avaliado com nota dois pelo MS e corre risco de fechar

Olivan lembrou a grande luta que foi para conseguir esse curso de Medicina na UFCG de Cajazeiras.

Por

22/12/2014 às 16h00

Olivan Pereira, Direto ao Ponto

O radialista Olivan Pereira em seu comentário “Direto ao Ponto” para a TV Diário do Sertão nesta segunda-feira (22) falou sobre a polêmica envolvendo o curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande, campus de Cajazeiras e disse que o curso está correndo o risco de fechar.

Segundo ele, o Ministério da Saúde avaliou o curso com uma nota dois, o que pode acabar fechando as portas para Medicina no campus. Olivan revelou que professores, médicos, acadêmicos e a sociedade civil em geral está preocupada com a situação.

O radialista atribui a culpa do baixo rendimento de Medicina em Cajazeiras, a falta de um Hospital Universitário na cidade para que os alunos tenham aulas práticas. “Existe uma verba para construção do hospital universitário de Cajazeiras, mas, mal se ouve falar no assunto”, alfinetou.

Olivan lembrou a grande luta que foi para conseguir esse curso de Medicina na UFCG de Cajazeiras.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO 

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco