header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Terror no Sertão: Carro persegue garota de 11 anos e aterroriza moradores

Assustada, a menina contou que começou a correr, sendo perseguida pelo carro. O caso foi parar na Delegacia de Polícia da cidade. Confira!

Por

05/10/2013 às 14h10

A dona de casa Sandra Firmino da Silva, 31 anos, moradora da cidade de Itaporanga, na região do Vale do Piancó prestou queixa na última sexta-feira (04) a delegacia da cidade. Sandra afirmou que sua filha de 11 anos foi perseguida e quase raptada em uma das ruas do bairro Conjunto Chagas Soares, onde residem.

Segundo a dona de casa, o fato ocorreu na última quarta-feira (02) quando a garota foi perseguida por um carro preto com vidros muito escuros. A menina contou para a mãe que um homem calvo baixou o vidro e começou a chamá-la. Assustada, a menina começou a correr, sendo seguida pelo carro.

As informações dão conta de que uma mulher também estaria dentro do carro e chavama pela criança que mais espantada ainda, corria e gritava pela rua. Notando que a menina chamava a atenção dos vizinhos, o carro saiu em disparada e ninguém conseguiu anotar a placa. “Tinha uma mulher e dois homens dentro do carro”, disse Sandra.

A dona de casa disse que sua família é humilde e que está muito assustada com a situação. Segundo Sandra, sua filha está tão assombrada que tem medo até de ir à escola.

A criança também falou ao repórter Flávio José alegando ter ficado bastante tensa com a situação.

Ouça áudio de Sandra Firmino ao Correio Debate.

[mp3:sandra 21.mp3]

Ouça o áudio da criança.

[mp3:t f s 21.mp3]

Flávio José do DIÁRIO DO SERTÃO em Itaporanga

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça