header top bar

section content

Fiscalização do Procon e Vigilância Sanitária interdita famoso supermercado na Capital paraibana

Foi detectado a infestação de baratas na padaria, na lanchonete e diversas gôndolas do estabelecimento

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/07/2016 às 15h01

Supermercado é interditado na capital paraibana (Foto: MPPB)

Uma fiscalização realizada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon) e pela Gerência de Vigilância Sanitária de João Pessoa (GVS) interditou por completo, na manhã desta terça-feira (5), o supermercado Extra, localizado na Avenida Epitácio Pessoa, na Capital, por infestação de baratas, o que prejudica a segurança. A Polícia Civil também participou da fiscalização.

De acordo com o diretor-geral do MP-Procon, promotor Glauberto Bezerra, o órgão recebeu uma denúncia de um cliente de que havia baratas no supermercado. Uma equipe do MP-Procon e e da Vigilância Sanitária foi ao local e constatou a presença dos insetos na padaria, na lanchonete e diversas gôndolas do estabelecimento. Conforme o promotor Glauberto Bezerra, a fiscalização faz parte do Programa de Prevenção de Acidentes de Consumo desenvolvido pelo MP-Procon para garantir a saúde e segurança do consumidor. O estabelecimento também pode ser multado por colocar em risco a saúde e segurança dos clientes.

Segundo informações dos inspetores da GVS, o aparecimento de baratas nesses locais em pleno dia indica que existe uma grande proliferação do inseto no local. O supermercado foi interditado com base da Resolução 216/2004 da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – que trata do regulamento técnico dos serviços de alimentação – e da Lei Municipal 10.430/2005 – regula o processo administrativo sanitário, as infrações e as penalidades no âmbito da vigilância sanitária municipal.

Os inspetores informaram ainda que o estabelecimento deverá realizar um higienização rigorosa de todas as áreas e também o controle de pragas urbanas, através de empresa habilitada para isso. Somente após essas medidas, o supermercado poderá solicitar uma nova inspeção para desinterdição do local.

A equipe do MP-Procon também constatou que o estabelecimento estava com o certificado do Corpo de Bombeiros vencido, mas foi apresentado, por parte da empresa, um comprovante de requerimento de renovação do certificado feito junto ao Corpo de Bombeiros.

MPPB

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’