header top bar

section content

Sepultura é violada e corpo é encontrado queimado e desmembrado

Morto estava enterrado no cemitério de Maragogi e foi encontrado sem a cabeça e um dos braços

Por Estagiário

20/11/2016 às 17h00 • atualizado em 20/11/2016 às 11h42

© DR

Foi violada a sepultura onde estava o corpo do pedreiro Clinffet Willes da Silva Machado, de 37 anos, assassinado na quarta-feira (16), na Barra de Santo Antônio, Alagoas. O corpo, que estava enterrado no cemitério de Maragogi, foi encontrado queimado e sem a cabeça e um dos braços nesta sexta-feira (18). Segundo o G1, a polícia investiga o crime, que ainda não tem suspeitos.

Apesar da denúncia sobre a violação do túmulo ter sido realizada as 8hrs, a Polícia Civil acredita que o crime ocorreu de madrugada. Este tipo de violação chama-se vilipêndio de cadáveres e a pena, além de uma multa, é de um a três anos de reclusão.

Notícias ao Minuto

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano