header top bar

section content

Sepultura é violada e corpo é encontrado queimado e desmembrado

Morto estava enterrado no cemitério de Maragogi e foi encontrado sem a cabeça e um dos braços

Por Estagiário

20/11/2016 às 17h00 • atualizado em 20/11/2016 às 11h42

© DR

Foi violada a sepultura onde estava o corpo do pedreiro Clinffet Willes da Silva Machado, de 37 anos, assassinado na quarta-feira (16), na Barra de Santo Antônio, Alagoas. O corpo, que estava enterrado no cemitério de Maragogi, foi encontrado queimado e sem a cabeça e um dos braços nesta sexta-feira (18). Segundo o G1, a polícia investiga o crime, que ainda não tem suspeitos.

Apesar da denúncia sobre a violação do túmulo ter sido realizada as 8hrs, a Polícia Civil acredita que o crime ocorreu de madrugada. Este tipo de violação chama-se vilipêndio de cadáveres e a pena, além de uma multa, é de um a três anos de reclusão.

Notícias ao Minuto

SERTÃO ESTÁ "NO RADAR"

VÍDEO: Secretário executivo de Educação da Paraíba anuncia liberação de recursos para obras em escolas

VEM MAIS POR AÍ

VÍDEO: Após chuvas no Sertão paraibano, moradores registram primeiros açudes e rios transbordando.

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Wilson Filho fala sobre HU Sertão, leitos e tomógrafo no HRC e obras em Uiraúna e Cajazeiras

SITUAÇÃO COMPLICADA

VÍDEO: Sindicalista denuncia que Zé Aldemir enviou projeto para Câmara que retira direitos dos servidores municipais

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!