header top bar

section content

Principal casa de recuperação de usuários de drogas do estado do Ceará poderá abrir filial na região de CZ; Pastor anuncia negociações

Atualmente a unidade abriga quase 30 residentes em processo de recuperação e uma equipe de oito pessoas que cuidam da casa

Por

16/01/2016 às 11h00

Na pequena cidade de Crateús, no Cariri cearense, a cerca de 355 km de Fortaleza, membros de uma comunidade evangélica realizam um trabalho social que merece destaque. Mesmo com toda a dificuldade para conseguir apoio financeiro, a Igreja Betel Pentecostal mantém há cerca de quatro anos uma das principais casas de reabilitação de dependentes químicos do interior do Ceará.

A Comunidade Terapêutica Reviver, que também possui uma unidade em Juazeiro do Norte, se tornou realidade em Crateús a partir da autorização que foi dada à igreja para ocupar o prédio que é público e estava abandonado servindo de ponto de consumo de drogas.

Depois de muito trabalho para reestruturar o local, o projeto finalmente se tornou realidade; a comunidade passou a receber pessoas de várias partes do Nordeste e de diversos níveis sociais, e através da educação, do esporte, do trabalho e da fé, promove a árdua missão de recuperar viciados em álcool e drogas.

Atualmente a unidade de Crateús abriga quase 30 residentes em processo de recuperação e uma equipe de oito pessoas que cuidam da casa, entre monitores, professores, coordenadores, administradores e outros profissionais.

A comunidade possui academia, sala de aula, biblioteca, sala de informática, oficina de artesanato, áreas de lazer e de práticas artísticas, quadra esportiva e um espaço para meditação e oração.

O professor Lins Granjeiro e o coordenador Neuton Alves foram residentes da casa e hoje, reabilitados, fazem parte da equipe que cuida do local e ajuda a recuperar os acolhidos. Eles se orgulham do resultado, mas ressaltam que, diante de tantas dificuldades, é preciso muita perseverança e fé para continuar o trabalho.

“Foi um trabalho de muita persistência. Mas aqui é uma verdadeira casa de aprendizagem”, destaca o professor Lins. “Todo dia a gente mata um leão diferente. Tudo tem que ter Deus no controle, senão não vai pra frente”, diz o coordenador Neuton Alves.

Manoel Bernardes, que está há nove meses na casa e hoje auxilia o projeto como cozinheiro, diz que se sente confiante para voltar ao convívio na sociedade. “A casa nos ensina o caminho que as drogas levam, e eu perdi muitas coisas com isso. Pra mim é muito importante porque a casa transmite muita confiança, porque ela não é só uma clínica de recuperação, ela é uma fundação educadora.”

Fundador e administrador geral da Comunidade Terapêutica Reviver em Crateús, o pastor Fernandito Pino revela que há um projeto em parceria com a prefeitura de Cajazeiras para que uma unidade seja aberta entre Cajazeiras e São José de Piranhas.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan