header top bar

section content

Entidades desacreditam do poder público, se unem para fazer “vaquinha” e construir o IML

Empresários e pessoas do povo se comprometeram a doar mais de 500 sacos de cimentos, 12 caçambas de areia, toda pedra para o alicerce e todo tijolo. Veja!

Por

19/11/2015 às 16h59

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Cajazeiras, Raimundo Júnior participou nesta quinta-feira (19), do programa “Olho Vivo” da TV Diário do Sertão, apresentado por Petson Santos e Jota França e falou sobre a campanha para construção do Instituto Médico Legal de Cajazeiras. 

Na ativa há mais de 70 anos, a nova diretoria representada por Raimundo Júnior, iniciada na semana passada tem agora a missão de levantar uma campanha social para arrecadar fundos e construir o IML da Terra do Padre Rolim.

Além da Associação Comercial, estão engajados na campanha a Câmara dos Dirigentes Lojistas, o Sindicato do Comércio de Bens e Serviços de Cajazeiras e a imprensa.

Veja mais:

► Cansados de esperar por governos, IML de Cajazeiras poderá ser construído por particulares

► Cajazeiras ganha núcleo de Polícia Científica; perita explica demora dos corpos nos locais de morte

► Sem IML: Radialista comenta polêmica com peritos em Cajazeiras: “Agora piorou tudo”

Raimundo Júnior informou que a primeira reunião ocorreu nessa segunda-feira (16), motivada pela atual situação de cajazeirenses e sertanejos de outras regiões “jogado” em calçadas ou rodovias a espera de um rabecão, aumentando ainda mais a dor dos familiares que perdem pessoas próximas e queridas.

O presidente lamentou a inércia do poder público, mas assegurou que a sociedade civil organizada não agüenta mais essa situação e daí surgiu a Idea do enfrentamento para construção do importante instrumento. 

Raimundo Júnior confirmou que há um projeto arquitetônico, mas revelou que ficaria muito caro e diante das poucas condições, vão ocorrer ajuste. Ele contou que não tem informações oficiais sobre a doação do terreno.

Um terreno medindo 10 mil metros quadrados, localizado na Agrovila foi doado pela prefeitura de Cajazeiras. A informação foi ratificada nesta quinta-feira (19), pelo secretário de Comunicação Olivan Pereira, que adiantou ser 3 mil e 500 metros para o IML e o restante para o complexo policial. Outro terreno foi doado pelo ex-prefeito Carlos Rafael (PMDB), medindo 5000 mil metros, ao lado da Escola Técnica estadual.

A próxima reunião das entidades de Cajazeiras acontecerá nessa segunda-feira (23), para decidir as próximas ações e expandir a campanha para as cidades da região. Divulgada extra oficialmente pela imprensa nessa quarta-feira (19), a campanha começa a ganhar corpo, empresários e pessoas do povo se comprometeram a doar mais de 500 sacos de cimentos, 12 caçambas de areia, toda pedra para o alicerce e todo pedra tijolo, para edificar o IML.

Tradição
A campanha solidária já aconteceu em outras ocasiões na cidade e deu certo. O exemplo mais famoso foi a construção do laboratório da Anatomia na UFCG para não perder o curso de Medicina.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018