header top bar

section content

Em Cajazeiras funciona, mas Sousa amarga sem atendimento na UPA após inaugurada 2 vezes; São Bento na lista

Em São Bento, a obra foi iniciada para substituir o prédio do atual hospital que funciona no Centro, mas não foi concluída e a população padece sem saúde

Por

15/10/2015 às 15h00

A TV Paraíba, afiliada da Rede Globo no estado, está realizando uma série de reportagens sobre obras paralisadas, especialmente nas áreas de saúde e educação. Esta semana a reportagem mostrou a realidade da Unidade de Pronto Atendimento da cidade de Sousa, que já foi inaugurada pela segunda vez, mas nunca atendeu um só paciente.

Veja mais!

 Há quase dois anos fechada, prefeito de Sousa anuncia data para reinaugurar UPA

UPA de Sousa: Obra está totalmente irregular e Ministério da Saúde ordena vistoria. VEJA VÍDEO!

Em Sousa: Ministério Público Federal faz vistoria na UPA e cobra soluções emergenciais para saúde. Veja vídeo!

Tyrone chama governo de André Gadelha de incompetente e diz que vai tomar a Prefeitura

Iniciada há cinco anos e inaugurada no governo do ex-prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB), o prédio tem servido para sombra e ação de vândalos. Há dois anos a UPA foi concluída, mas como não funciona, tem sido alvo de depredação.

Sem atendimento na unidade, sobrecarrega o Hospital Regional de Sousa, que atende uma estimativa de 10 mil pacientes por mês. São 40 municípios da região que chegam ao HRS e a demora no atendimento é inevitável.​

Um paciente que está com a perna engessada disse que havia chegado ao hospital às 6h e às 14h ainda estava aguardando o atendimento.

Parada
Em 2012, ano de eleição, a UPA foi inaugurada, mas não teve autorização do Governo Federal para funcionar, pois identificou erros na execução do projeto, uso de material inadequado e mão de obra de baixa qualidade, que comprometeram a segurança do local.

Irregular
O Ministério Público Federal denunciou desvio de verbas públicas e moveu uma ação de improbidade administrativa contra o ex-gestor, pois foi pago mais de R$ 1,5 milhão e a obra não foi concluída. “Foi constado desvio de recursos”. Disse o promotor.

Realidade diferente
Em Cajazeiras, a realidade é diferente, a UPA está em pleno funcionamento há mais de dois anos e atende cerca de 3 mil pessoas por mês. A unidade que é de média complexidade desafogou o Hospital Regional de Cajazeiras, que se ocupa agora das urgências. A unidade de Cajazeiras é mantida pelo governo do estado e atende quase 20 municípios.

Outra cidade

Em São Bento, a obra de um hospital para atendimento dos casos graves foi iniciada há 14 anos, para substituir o hospital maternidade da cidade, que funciona em um prédio antigo no Centro da cidade. Sem continuação dos serviços, o local está funcionando como criatório de animais.

Sem acreditar mais nos governos, a aposentada Severina disse que está apelando pra Deus, para abrandar os corações dos gestores. “Estamos pedindo agora a Deus”.

DIÁRIO DO SERTÃO

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda