header top bar

section content

Para prevenir epidemia, Sousa promove ‘Dia D’ de combate à dengue e a nova febre chikungunya

A febre chikungunya é causada por um vírus do gênero Alphavirus e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Por

02/02/2015 às 17h22

Mosquito da dengue. Foto Reprodução/ Google

Com o objetivo de conscientizar os moradores de Sousa sobre a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue que também transmite a febre chikungunya, a Secretaria de Saúde, por meio da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, realiza nesta sexta-feira (06) o 'Dia D' de combate à doença e contará com equipes do Departamento de Vigilância em Saúde que vão conversar com moradores e distribuir  material informativo sobre a doença.

Na sexta acontecerá Pit Stop´s nos principais pontos da cidade com panfletagem, adesivagem e orientações à população. Nos seguintes pontos: PSF Várzea da Cruz, Calçadão, Toda Hora Conveniência (Mozinho), Giratória CAPS Tozinho Gadelha, Passagem para o Hospital Terezinha ( entrada da Rua do Arame) e o semáforo Loja River – Bairro da Estação.

A febre chikungunya é causada por um vírus do gênero Alphavirus e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e Aedes albopictus. Os sintomas são dor na cabeça e muscular e nas articulações, além de febre alta e manchas vermelhas pelo corpo, que podem durar de três a dez dias.

A letalidade é rara  e menos frequente que nos casos da dengue, segundo a Organização Pan- Americana de Saúde (Opas).  No Brasil a febre chikungunya  foi registrada pela primeira vez em setembro do ano passado. Já teriam sido  identificados mais de mil casos da doença no pais.

A orientação das autoridades de saúde é que possam dedicar dez minutos de seu tempo em casa para reforçar as ações para eliminar criadouros dos mosquitos. Os moradores devem verificar se a caixa-d’água está bem fechada, não acumular vasilhames no quintal, verificar se as calhas estão entupidas e colocar areia nos pratos dos casos de plantas entre outras medidas.

Do Decom

Tags:
OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio