header top bar

section content

Religioso diz que Cajazeiras registra altas taxas de desemprego e pede atenção da gestão municipal

O religioso contou que centenas de pessoas estão batendo as portas das empresas de Cajazeiras, pois precisam trabalhar para manter a família.

Por

14/05/2015 às 15h48

O Padre Francivaldo Albuquerque em seu comentário no “Direto ao Ponto” da TV Diário do Sertão desta quinta-feira (14) falou sobre as altas taxas de desemprego em Cajazeiras e no Brasil.

O religioso contou que centenas de pessoas estão batendo as portas das empresas de Cajazeiras, pois precisam trabalhar para manter a família.

De acordo com o padre, as Secretarias municipais, especialmente a de Desenvolvimento Social, a Rural e do Desenvolvimento Econômico devem ficar atentas, pois o desemprego gera mazelas sociais graves.

“Podemos ter altos índices de inadimplência, suicídios e uma gama de problemas. É melhor chamar por São Bento antes da cobra morder”. Disparou o religioso.

Francivaldo Albuquerque disse que é o momento de promover mão de obra aqueles que estão perambulando pelas cidades, que amanhã poderá ser uma grande ameaça.

DIÁRIO DO SERTÃO 

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan