header top bar

section content

Santa Helena, Bernardino Batista, Pombal e Sousa comemoram metas alcançadas no IDEB; Cajazeiras fica fora da meta do 8º e 9º ano

O IDEB criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Confira!

Por Luzia de Sousa

09/09/2016 às 18h00 • atualizado em 10/09/2016 às 09h17

Monte Horebe avança no IDEB e bate meta

As cidades de Santa Helena e Bernardino Batista, na região de Cajazeiras tiveram um bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), referente aos primeiros anos do ensino fundamental para o ano de 2015.

+ Alunas da escola pública de Santa Helena são aprovadas e embarcam para o Canadá. Fotos

Santa Helena conseguiu média de 5.7, quando a meta era 3.8, entre o 4º e o 5º ano do fundamental. Para o 8º e 9º ano, a cidade alcançou média de 4.6, quando a meta para 2015 era 4.3.

ideb_2015-2

Bernardino Batista conseguiu média 4.4, quando a meta era 3.6, entre o 4º e 5º ano. Do 8º ao 9º ano, o município conseguiu média de 3.8, quando a meta era 3.7.

Cajazeiras conseguiu média 4.4, quando a meta era 3.7, entre o 4º e o 5º ano. Do 8º ao 9º ano, o município ficou com média de 3.0, quando a meta era 3.8 para o ano de 2015, ficando, portanto, fora da média.

cajazeiras_ideb

Sousa conseguiu média de 4.9 quando a meta era 4.4, entre o 4º e 5º ano. Do 8º ao 9º ano, o município conseguiu a média que era de 3.7.

Pombal ficou com 5.7 quando a meta era 4.4, entre o 4º e 5º ano. Do 8º ao 9º ano, o município conseguiu média de 4.5, quando a meta era 3.9.

Entenda
O IDEB criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

Os resultados do Ideb 2015 para escola, município, unidade da federação, região e Brasil são calculados a partir do desempenho obtido pelos alunos que participaram da Prova Brasil/Saeb 2015 e das taxas de aprovação, calculadas com base nas informações prestadas ao Censo Escolar 2015. Dessa forma, cada uma dessas unidades de agregação tem seu próprio Ideb e metas estabelecidas ao longo do horizonte do PDE, ou seja, até 2021.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula