header top bar

section content

Dr. Oscar e a Nutricionista Joyce Cristina respondem sobre o diabetes no Café Conectado

Os profissionais de saúde explicaram sobre as formas de prevenção e tipos de tratamentos do diabetes, além do porquê de se precisar amputar os membros

Por

30/04/2015 às 18h20 • atualizado em 23/06/2016 às 11h48

O médico Oscar Sobral, ginecologista e obstetra, e a nutricionista Joyce Cristina falaram ao programa Café Conectado (ao vivo nas terças-feiras a partir das 9:00 horas) da TVDS, sobre o Diabetes, doença que acomete hoje um número crescente de pessoas: são 250 milhões em todo o mundo, 22 milhões só no Brasil.

Os profissionais de saúde, explicaram sobre formas de prevenção e tipos de tratamentos, além do porquê de se precisar amputar os membros inferiores em alguns portadores de diabetes e os cuidados que se deve ter para evitar tais problemas, redobrando a atenção com os pés desses pacientes, inspencionando-os diariamente, para não correr o risco de negligenciar ferimentos. “Usar calçados confortáveis e evitar caminhadas prolongadas”, orienta dr. Oscar.

ALIMENTAÇÃO E DIABETES

A nutricionista Joyce Cristina abordou com clareza os vários aspectos relacionados aos cuidados com os portadores de diabetes, ressaltando a importância do controle alimentar e do peso.

Joyce dá dicas sobre como ter uma boa alimentação e a importância desse controle durante toda a vida, mantendo o peso sem perder a saúde, chamando atenção para o uso do álcool que ‘cada vez mais cedo entra na vida dos adolescentes’, alerta.

“Quanto mais cedo for detectado o problema, quanto mais preventivo for a pessoa, melhor as chances dela não sofrer consequências da doença”. Explicou.

DIABETES NA GRAVIDEZ

Dr. Oscar Sobral falou sobre os problemas de se detectar o diabetes no período da gravidez, ‘ao pensar em engravidar a mulher já deve ir se cuidando, principalmente na perca de peso’, alertou.

Enfatizou que apesar do Diabetes gestacional poder trazer riscos para a mãe e o bebê, como complicações no parto, crianças com peso bem acima do normal, nascimento prematuro e possibilidade de desenvolver diabetes na vida adulta, o acompanhamento médico e nutricional adequado garante uma gravidez e parto tranquilo para a mãe e o seu filho.

Para o profissional, tomando os devidos cuidados, mãe e bebê podem seguir com saúde durante e após a gravidez, sem grandes riscos e problemas para o futuro. Mas alerta: “Deve-se ter cuidado, atenção, uma boa anamnese no pré-natal é muito importante”.

Assista as entrevistas com os profissionais de saúde, médico Oscar Sobral e a nutricionista Joyce Cristina sobre o diabetes ao programa Café Conectado:

SAIBA MAIS SOBRE A DIABETES

O diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue.

O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada (resistência à insulina). A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar dentro das células, para ser utilizado como fonte de energia. Portanto, se houver falta desse hormônio, ou mesmo se ele não agir corretamente, haverá aumento de glicose no sangue e, consequentemente, o diabetes.

De acordo com dados da Federação Internacional de Diabetes, a cada 10 segundos uma pessoa morre no mundo em consequência das complicações dessa doença. São danos no sistema cardiovascular, encefálico, nervoso periférico, renal, ocular, dentre outros; sendo diversas as consequências como nefropatia (dano ao rim), neuropatia (prejuízo aos nervos periféricos – pés), retinopatia (lesão dos pequenos vasos sanguíneos que nutrem a retina), entre outros.

O tipo I, representa 10% dos diabéticos, 80% destes são diagnosticados antes dos 18 anos, especialmente entre os 10 e 14 anos; 80 a 90% é resultado de doença autoimune, onde as células Beta do pâncreas são destruídas pelo sistema imunológico e por isso gera no indivíduo a incapacidade de produzir o hormônio regulador da glicemia no organismo, a insulina.

O diabetes do tipo II pode surgir após os 40 anos, tendo vários fatores desencadeadores como as dislipidemias, obesidade, sedentarismo, má alimentação, hipertensão.

DIÁRIO DO SETÃO

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada