header top bar

section content

Cajazeiras perde território municipal para Cachoeira dos Índios

A partir da aprovação do projeto os limites territoriais de Cajazeiras e Cachoeira dos Índios deverão sofrer alterações no novo senso geográfico do IBGE.

Por

12/03/2009 às 10h16

A assembléia legislativa da Paraíba votou nesta quarta-feira(11) as novas delimitações de 14 municípios paraibanos. Sob grande discursão entre deputados situacionista e oposicionista, o novo mapa territorial que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE) definiu para os limites territoriais de Cachoeira dos Índios e Cajazeiras, foi aprovado. Para isso aconteceu um acordo de termo de aceitação entre o perfeito de Cajazeiras Leonid de Sousa Abreu e o prefeito de cachoeira dos Índios Arlindo Francisco de Sousa.

Com a nova delimitação, o município de Cajazeiras perde efetivamente as localidades de Garguelo, Redondo e Baixa Grande que antes eram assistidas pelo município de Cachoeira dos Índios, mais que pelo IBGE pertenciam ao município de Cajazeiras, com isso Cachoeira dos Índios passa a ter uma área territorial maior.

O líder do governo na Assembléia, deputado Gervásio Filho,foi contrario a aprovação do projeto. Gervasio afirmou que o projeto precisaria de discursão ampla com os dois prefeitos, porque se trata de uma redução de área territorial e de população, beneficiando a um prejudicando outro.

Defesa

Já Deputado sertanejo José Aldemir, que é representante da região, defendeu a proposta na tribuna da Assembléia que já houve um entendimento entre os dois representantes dos municípios e que a aprovação seria apenas a oficialização do que já ocorre cotidianamente, pois segundo Aldemir todas as localidades propostas no projeto, já tem a assistência do município de cachoeira dos Índios e nada mais justo do que quem assiste ter o direito sobre o território assistido.

“Nós não podemos deixa de votar no projeto por pura e simples interesse individual, pra tenta sobrepô aquilo que foi fruto de entendimento das populações dos dois municípios e das suas representatividade constituídas”frisou José Aldemir.

Após as explanações do parlamentar democrata, o deputado Gervásio Filho convenceu-se da necessidade e a lei foi aprovada.

A partir da próxima contagem do IBGE as mudanças deverão ser contabilizadas para os dois municípios .

PETSON SANTOS
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula