header top bar

section content

Veja: Sertão da Paraíba tem o primeiro caso confirmado da Síndrome de Guillain Barré

As suspeitas ocorreram no momento em que a mulher teve fortes dores de cabeça, febre alta e dificuldade motora.

Por Luzia de Sousa

02/05/2016 às 03h41 • atualizado em 02/05/2016 às 04h27

Um caso de Gullain Barré foi confirmada no Sertão

A cidade de Itaporanga registrou no mês de abril deste ano, o primeiro caso da Síndorme de Guillain Barré. Trata-se da da doméstica, Charliene Ramalho de Sousa, de 24 anos. Ela passou 14 dias internada no hospital de Patos, já se encontra em sua residência, mas ainda continua em tratamento. O exame, que atestou o caso foi realizado na cidade de João Pessoa. A mulher é casada e tem uma filha menor de idade.

As suspeitas ocorreram no momento em que a mulher teve fortes dores de cabeça, febre alta e dificuldade motora.

A mulher deu várias entradas no hospital de Itaporanga até ser transferida para o hospital de Patos, onde passou várias vezes pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tendo inclusive sofrido uma parada cardíaca, mas resistiu.

Veja também:

Mais um caso da doença que matou cajazeirense é registrado na PB; Ela teve primeiro a Zika Vírus. Vídeo

Cajazeiras registra somente este ano quatro casos da Guillain Barré; Uma pessoa morreu

Hospital
A diretora do hospital Distrital de Itaporanga, Maysa Gonçalves foi procurada pela reportagem do Diário do Sertão para explicar o caso, porém, até o fechamento da matéria não se pronunciou.

Confirmados
Ano passado, quatro casos cajazeirenses foram acometidos pela síndrome, e uma delas, a escrivã da Policia Civil Lucilene Galdino foi a óbito.

Já em casa, a mulher, que reside na rua Manoel Caiana, no bairro Bela Vista, vem fazendo o tratamento contra a doença.

Os sintomas típicos incluem:
Perda de reflexos em braços e pernas
Hipotensão ou baixo controle da pressão arterial
Em casos brandos, pode haver fraqueza em vez de paralisia
Pode começar nos braços e nas pernas ao mesmo tempo
Pode piorar em 24 a 72 horas
Pode ocorrer somente nos nervos da cabeça
Pode começar nos braços e descer para as pernas
Pode começar nos pés e nas pernas e subir para os braços e a cabeça
Dormência
Alterações da sensibilidade
Sensibilidade ou dor muscular (pode ser cãibra)
Movimentos descoordenados

Outros sintomas podem ser:
Visão turva
Descoordenação e quedas
Dificuldade para mover os músculos do rosto
Contrações musculares
Palpitações (sentir os batimentos cardíacos)

DIÁRIO DO SERTÃO com Hora do Vale

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!