header top bar

section content

Veja: Professora morre em UTI do Hospital Regional de Cajazeiras; HRC explica caso

Por volta das 20h a paciente entrou em parada cardiorrespiratória

Por Luzia de Sousa

30/05/2016 às 06h11 • atualizado em 30/05/2016 às 06h21

Professora morreu na UTI do HRC

Morreu no Hospital Regional de Cajazeiras, Setor da UTI, a Professora da Rede Municipal de Ensino, Janicelia Mangueira da Silva, 40 anos.

Internada para tratamento de saúde, após perder 18 kg em pouco tempo, a professora ficou sobre os cuidados médicos na UTI do HRC na manhã deste domingo (29).

Veja mais!

Depois de queimada viva, cadelinha que não perde missa pode ser expulsa da Igreja

Cadela queimada na região de Cajazeiras continua ‘fraca’, mas volta a Igreja. FOTOS!

 MÁ: Cadelinha que não perde uma missa no Sertão tem corpo queimado com água quente

Mesmo sobre os cuidados médicos, a professora não evoluiu bem, e mesmo com todos os procedimentos necessários, Junicélia apresentou um quadro de Choque séptico/Abdômen Agudo por volta das 20:30h, momento que se constatou o óbito.

A Secretária de Educação do Município de Cajazeiras, Edna Elba Caldas, emitiu nota de pesar a família enlutada, ao mesmo instante que decretou luto oficial no âmbito da secretaria por três dias.

Informações que os preparos fúnebres seguem, e deverá ser sepultada nesta segunda-feira (30), na Cidade de Cajazeiras.

Leia Nota da Assessoria do Hospital Regional de Cajazeiras, explicando o quadro clinico da paciente.

NOTA
A assessoria de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras, vem através desta explicar o que se segue:

Neste sábado (28) deu entrada no setor de urgência e emergência, a paciente Janicélia Mangueira (40 anos de idade) transferida da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, a mesma recebeu os cuidados iniciais necessários e de imediato a equipe médica indicou sua internação.

No dia seguinte, domingo (29) às 11h a paciente teve complicações em seu quadro clinico e foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva do HRC, no momento em que a equipe verificava seus sinais vitais, foi constatado que a pressão arterial da paciente estava inaudível. Foi realizada a administração de medicamentos para a reversão do estado da paciente, elevando assim, a sua PA ao nível normal 120 x 80.

Por volta das 20h a paciente entrou em parada cardiorrespiratória, a equipe da Unidade de Terapia Intensiva, realizaram manobras de reanimação cardiopulmonar, mas, sem sucesso, constatando o óbito da paciente às 20h30min, com a causa morte: Choque séptico / Abdômen Agudo.

DIÁRIO DO SERTÃO com DestaquePB

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda