header top bar

section content

Justiça realiza diplomação de eleitos no Ceará; Prefeito comemora com festa pública

A Justiça Eleitoral diplomou nessa quinta-feira (15), os eleitos da cidade de Umari e Ipaumirim, no estado do Ceará.

Por Luzia de Sousa

16/12/2016 às 10h17 • atualizado em 18/12/2016 às 12h37

A Justiça Eleitoral diplomou nessa quinta-feira (15), os eleitos da cidade de Umari, no estado do Ceará. Alexandre Barros (PT) foi eleito prefeito e Laura Lustosa (PHS), vice-prefeita. Foram diplomados também, vereadores e suplentes. Além dos familiares dos diplomados, prestigiou a solenidade o ex-prefeito Francisco Alexandre (Fransquim-PT).

A solenidade aconteceu no Fórum de Ipaumirim e teve início às 11h. Dos nove vereadores agora diplomados, cinco foram eleitos pela situação e quatro pela oposição, ou seja, os quatro hoje oposicionistas são da base do prefeito eleito, que serão situação no ano vindouro.

Alexandre disse que vai focar no trabalho para que a cidade se desenvolva e a população tenha qualidade de vida.
Os diplomados de Umari comemoram em praça pública com festa na noite dessa quinta-feira. A população lotou a praça e comemorou mais uma vez a vitória ao som de Romário Freitas e Rafa Delegado.

Prefeito eleito de Ipaumirim, Dr. Geraldo foi diplomado

Na mesma solenidade, a Justiça diplomou os eleitos de Ipaumirim. José Geraldo dos Santos (Dr. Geraldo – PMDB), sua vice-prefeita, Mércia Gonçalves, vice-prefeita, além dos vereadores e suplentes.

Dr. Falou da alegria de ter sido escolhido mais uma vez pelo povo e se antecipou dizendo que vai encontrar dificuldades em gerir os rumos do município.

DIÁRIO DO SERTÃO com Ceara1

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor