Política
08/03/2017 às 16h49 • atualizado em 08/03/2017 às 18h46

postado por: Luzia de Sousa

DE NOVO? Prefeitura vai notificar ambulantes para retirar mercadorias das vias e passeios de Cajazeiras

Os agentes emitiram notificações dando prazo de três dias úteis para que os ambulantes retirassem suas barracas e/ou bancas e suas mercadorias.

Ambulantes terão que retirar mercadorias das vias públicas de Cajazeiras

O Ministério Público do Estado, notificou mais uma vez a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Planejamento, para que fosse realizada a retirada dos ambulantes que comercializam produtos nas calçadas e vias públicas no centro comercial de Cajazeiras.

+ Ambulantes de Cajazeiras falam sobre mudança no local de vendas: “Povo precisa se acostumar”. Veja vídeo!

Órgãos municipais e do Estado, numa ação conjunta com a Polícia Militar, SCTRANS, Vigilância Sanitária e Secretaria de Planejamento do Município – estiveram na manhã desta quarta-feira (08) de março, realizando inspeções nas barracas, notificando, autuando e ainda, recomendando a retirada dos ambulantes devidamente notificados reiteradas vezes a saírem das vias públicas, passeios públicos e calçadas.

Assista a reportagem da TV Diário do Sertão!

Para os ambulantes que foram notificados três vezes, ou mais, a recomendação do MP é pela desobstrução das vias e as bancas e barracas retiradas dos logradouros públicos. Os agentes emitiram notificações dando prazo de três dias úteis para que os ambulantes retirassem suas barracas e/ou bancas e suas mercadorias. Para os reincidentes que teimam em não sair dos espaços públicos a recomendação foi pela apreensão das mercadorias.

Nos casos omissos, o Município de Cajazeiras está ciente pelo Ministério Público da obrigatoriedade de pagar multa diária equivalente a R$ 5.000,00. No Artigo 77 – do Código de Postura do Município diz: É proibido embaraçar ou impedir, por qualquer meio, o livre trânsito de pedestre ou veículos, nas ruas, praças, passeios, estradas e caminhos públicos, exceto para efeito de obras públicas ou quando exigências policiais o determinarem.

SECOM-CZ

Deixe seu comentário