header top bar

section content

MPF quer que ex-prefeita da região de Cajazeiras devolva R$ 49 mil aos cofres públicos

O acórdão transitou em julgado em 30 de junho de 2015.

Por

26/01/2016 às 17h17

Glória Geane de Oliveira Fernandes, ex-prefeita de Uiraúna

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB), por meio da Procuradoria da República em Sousa, quer que a ex-prefeita do município de Uiraúna, no Sertão paraibano, Glória Geane de Oliveira Fernandes, devolva R$ 49.209,30 aos cofres da União.

A  ex-prefeita foi condenada na Justiça a sanção de ressarcimento do dano provocado ao erário, por ter contratado artistas de forma irregular para festa de São João da cidade, ocorrida em 2010, na qual foi utilizada verba federal oriunda de convênio com o Ministério do Turismo. O acórdão transitou em julgado em 30 de junho de 2015.

O Ministério Público Federal requer a intimação da ré para que, no prazo de 15 dias, a contar do dia 20 de janeiro, Glória Geane recolha aos cofres públicos o montante executado, sob pena de incidência de multa de 10% sobre o valor, bem como a expedição de mandado de penhora e avaliação de bens.

Do MaisPB

Tags:
EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em continência ao Senhor Jesus recebe o pastor Ismar e a cantora Rafaela Amaro; CONFIRA!

INTERVIEW

Cantor de São João do Rio do Peixe fala sobre sua trajetória de sucesso e recorde de público nos shows

RESPOSTA

VÍDEO: Energisa esclarece quedas de energia que aconteceram em Sousa e garante agilidade na manutenção

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em continência ao Senhor Jesus recebe os membros da Assembléia de Deus Canaã e Luciana Batista