header top bar

section content

Tribunal reprova contas de ex-prefeito da região de Sousa e o condena a devolver mais de R$ 100 mil

Segundo a decisão do Tribunal de Contas do Estado, o ex-gestor sertanejo ainda terá que devolver aos cofres públicos o montante de R$ 105,4 mil reais.

Por

28/02/2015 às 08h42

Ex-prefeito é condenado a devolver dinheiro

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) da Paraíba reprovou esta semana as contas do ex-prefeito de Nazarezinho, região de Sousa, o Agente Fiscal Francisco Assis Braga Júnior (Júnior Braga), referente ao exercício financeiro de 2012.

Segundo a decisão, o ex-gestor sertanejo ainda terá que devolver aos cofres públicos o montante de R$ 105,4 mil reais. O ex-prefeito governou o município entre 2009 e 2012.

O tribunal apontou como irregularidade as despesas sem comprovação registradas na movimentação extra orçamentária e R$26.520,61 referentes à ausência de comprovação de devolução de saldo de convênios firmados, Acúmulo da dupla função política e administrativa, respectivamente, de executar orçamento e de captar receitas e ordenar despesas. 

O TCE identificou também déficit financeiro para saldar compromissos de curto prazo. Inobservância das normas atinentes às licitações. Despesas sem a devida comprovação. Atendimento parcial da LRF. Irregularidade das contas. Débito. Multa. Recomendação. Informação de que a decisão decorreu do exame dos fatos e provas constantes dos autos, sendo suscetível de revisão se novos acontecimentos ou achados vierem a interferir nas conclusões alcançadas.

DIÁRIO DO SERTÃO com TCE

Tags:
OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio