header top bar

section content

Juiz federal condena ex-prefeito da Região de Cajazeiras há 14 anos de prisão por crimes

O ex-gestor é acusado da prática dos crimes de responsabilidade, falsidade de documento público e falsidade ideológica.

Por

08/11/2011 às 12h41

O ex-prefeito de Bom Jesus, na região de Cajazeiras, Auremar Lima Moreira foi condenado a 14 anos de prisão, em regime inicialmente fechado.

A decisão é do juiz Orlan Donato, da 8ª Vara Federal, que julgou procedente a ação penal movida pelo Ministério Público Federal (MPF). O ex-gestor é acusado da prática dos crimes de responsabilidade, falsidade de documento público e falsidade ideológica, além, de desviar recursos para a construção de 98 módulos sanitários, na ordem de R$ 56 mil.

No processo
De acordo com os autos, em julho de 1998 o então prefeito de Bom Jesus formalizou o Convênio nº 1258/98 com a Funasa, tendo por finalidade a construção de 24 moradias populares. Foram transferidos para a prefeitura recursos da ordem de R$ 90 mil. Entretanto, o objeto conveniado não fora integralmente cumprido. De acordo com o MPF, fora iniciada a construção de 20 unidades residenciais, porém em dimensões consideravelmente inferiores às previamente estabelecidas

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!