header top bar

section content

Multidão participa da Benção e Missa de Ramos na Paróquia São João Bosco

A paróquia São João Bosco realizou na manhã deste domingo,05, a abertura da programação oficial da Semana Santa, com a procissão de Ramos, que teve início na Capela de Santo Antonio até a Paróquia que fica na Praça Camilio de Holanda, Zona Sul da Cidade. Mesmo debaixo de uma forte chuva que banhou a cidade […]

Por

05/04/2009 às 18h33

A paróquia São João Bosco realizou na manhã deste domingo,05, a abertura da programação oficial da Semana Santa, com a procissão de Ramos, que teve início na Capela de Santo Antonio até a Paróquia que fica na Praça Camilio de Holanda, Zona Sul da Cidade. Mesmo debaixo de uma forte chuva que banhou a cidade de Cajazeiras na manhã deste domingo, os fiéis participaram ativamente da caminhada até o interior da igreja, simbolizando a entrada de Jesus em Jerusalém.

A bênção e a missa foram comandadas pelo Padres Neto e Janilson Rolim. Durante a celebração, os padres afirmaram que a Igreja Católica preparou uma programação especial para toda a semana, até o Domingo de Páscoa, com missas e visitas diárias.

Campanha da Fraternidade

Padre Janilson em contato com nossa reportagem, também lembrou que o Domingo de Ramos, 5 de abril, era o dia da Coleta da Solidariedade. Trata-se de uma campanha cujos recursos arrecadados serão destinados a ações sociais relacionadas ao tema da Campanha da Fraternidade deste ano – Segurança Pública. Em 2008, o Fundo Nacional apoiou 183 projetos em todo o País.

Neste Domingo de Ramos, as paróquias do Brasil realizaram o Dia Nacional de Coleta da Solidariedade para a Campanha da Fraternidade (CF) deste ano, cujo tema é “Fraternidade e Segurança Pública” e o lema “A paz é fruto da justiça”.

O sacerdote salientou que os recursos da Coleta serão destinados a projetos voltados ao controle social de políticas públicas na área de segurança; a denúncia de crimes contra a ética, a economia e gestões públicas; a denúncia do modelo punitivo presente no sistema penal brasileiro; valorização de articulações e redes sociais populares que defendam os direitos humanos, a superação da violência e a cultura de paz.

Entenda
Do total arrecadado na Coleta, 40% são enviados ao Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) para apoio a projetos relacionados ao tema da CF-2009; e 60% do valor permanecem nas dioceses e comunidades de base para financiar iniciativas sociais em âmbito local. O FNS, administrado pela Cáritas Brasileira, é de responsabilidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Os projetos do FNS são aprovados pelo Conselho Gestor – um grupo de trabalho da CNBB, que define a destinação dos recursos, além de supervisionar sua aplicação.

Padre Janilson lembrou que as doações também poderão ser feitas em qualquer data, na Caixa Econômica Federal, agência 2220, conta-corrente 000.009-0, operação 003. “As pessoas que não puderam ir nas igrejas, podem contribuir por meio de depósito na conta da campanha ao longo do ano”, explica o assessor da Cáritas Brasileira, Vitélio Pasa.

PETSON SANTOS
Da redação do Diário do Sertão

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares