header top bar

section content

Padre agenda mais uma mobilização pela ponte caída

Antes que mais alguma fatalidade aconteça no trecho da Rodovia Estadual que interliga os municípios de Aparecida, São Francisco e Santa Cruz, o padre Djacir Brasileiro(foto) está agendando para esta terça-feira (30) às 9 horas da manhã mais uma manifestação em prol da reconstrução da ponte do Boi Morto, localizada no sítio de mesmo nome. […]

Por

29/12/2009 às 10h49

Antes que mais alguma fatalidade aconteça no trecho da Rodovia Estadual que interliga os municípios de Aparecida, São Francisco e Santa Cruz, o padre Djacir Brasileiro(foto) está agendando para esta terça-feira (30) às 9 horas da manhã mais uma manifestação em prol da reconstrução da ponte do Boi Morto, localizada no sítio de mesmo nome.

Há cerca de dois meses um rapaz que morava na cidade de Sousa faleceu vítima de acidente de moto. Ele transitava com seu pai que ficou gravemente ferido e ambos caíram de uma altura de aproximadamente dez metros da estrutura do que restou da ponte que desabou em abril deste ano.

Na semana passada ocorreu mais um acidente no momento em que um carro quase passava direto do local que continua sem sinalização. O único indício que aponta que existe uma ponte caída é um monte de terra que foi colocado após o acidente que matou o rapaz sousense por uma empresa que estava realizando uma obra na região.

Em outra oportunidade o Padre Djacir Brasileiro havia realizado um manifesto para sensibilizar as autoridades para o problema que aponta uma situação que deve prejudicar os moradores dos três municípios que transitam diariamente para a cidade de Sousa. Com a chegada do período chuvoso que mora em Santa Cruz e São Francisco correm o sério risco de ficarem ilhados, pois o único caminho de se chegar a Br 230 é através da ponte.

A situação não está pior porque meses após o desabamento, as prefeituras de Aparecida, Santa Cruz e São Francisco compraram material e acionaram o DER para a construção de um lajão que até hoje serve de passagem para pessoas e veículos.

“Diante da iminência de outra tragédia, pois há seis dias um carro ia passando direto, isto é quase caindo de cima da ponte, vamos, mais uma vez, fazer outra mobilização visando chamar a atenção do Governo do Estado para a extrema necessidade da reconstrução da ponte do Boi Morto”, conclama o padre. Ele lembra que “vai fazer um ano que a ponte caiu, mas até agora nenhuma providência foi tomada. A população está temerosa quanto a chegada do inverno, pois irá ficar ilhada mais uma vez. E o pior, é muito grande o risco de uma grande tragédia”, finaliza.

LEVI DANTAS
Da redação do Diário do Sertão em Sousa

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview