header top bar

section content

Gerente da regional de saúde de Cajazeiras se pronuncia sobre H1N1 e revela remédio

Amélia indicou a higiene pessoal para prevenir o contágio da ‘Gripe Suína’

Por Luzia de Sousa

12/04/2016 às 14h54

Amélia Fonseca falou sobre o caso de Poço Dantas

A gerente da Nona Regional de Saúde, com sede em Cajazeiras Amélia Fonseca participou da imprensa na cidade de Poço Dantas essa semana para informar sobre uma palestra proferida no município sobre a doença H1N1, mais conhecida como ‘Gripe Suína’.

Amélia Fonseca explicou que a visita a cidade se deu pelo fato de ter registrado o primeiro caso suspeito da influenza A. Ela disse que foram repassadas informações nas escolas e para os profissionais de saúde sobre como lidar com os casos suspeitos da doença.

A gerente relembrou que o paciente passou pelo Hospital Regional de Cajazeiras e foi transferido para Pombal, onde se encontra até o momento. De acordo com a ela, o infectologista coletou o material e encaminhou para o Instituto Evandro Chagas, no estado do Pará.

“Não é porque ainda não tem a confirmação que o paciente não está sendo tratado. Tivemos o cuidado de não esperar a doença se proliferar”, Afirmou Amélia Fonseca.

A gerente informou que o tratamento ao paciente contaminado é com ‘Tamiflu’ e o período de transmissão é de até sete dias.

Amélia indicou a higiene pessoal para prevenir o contágio da ‘Gripe Suína’ e alertou para a prevenção, relembrando que a campanha nacional já está na sua 8ª campanha, que se deu início nessa segunda-feira (11).

Ouça áudio da Rádio Poço Dantas FM!

DIÁRIO DO SERTÃO

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda