header top bar

section content

Religiosa diz que Papa pode liberar celibato, conta do atentado e declara “Está perdoado” Acompanhe vídeo!

Há quase 50 anos como educadora, Aurélia se definiu como “afetiva por natureza”. Desde os 17 anos, ela mora no convento.

Por

19/02/2014 às 19h14

Madre Aurélia foi a entrevistada da TV Diário do Sertão no Interview de Sousa

O Interview da TV Diário do Sertão estreando direto de Sousa com Paloma Santos nesta quarta-feira (19) entrevistou a freira e educadora Madre Aurélia.

A religiosa falou sobre sua infância, família, opção de servir a Deus e a missão de ser freira. “Meu pai me perguntou se somente freiras ganhariam o céu, e respondi: não meu pai, mas eu quero servir”

Há quase 50 anos como educadora, Aurélia se definiu como “afetiva por natureza”. Desde os 17 anos, ela mora no convento. “Naquele tempo a gente não voltava para casa. Passei 10 anos para ir visitar meus pais”

Ela que é ex-diretora do colégio Nossa Senhora Auxiliadora disse que o celibato é um “pensar particular”. A freira afirmou que o Papa Francisco ainda vai decidir sobre o celibato. “O Papa vai dizer se continua ou não, mas assegurou que o celibato é justificável porque é uma doação a Igreja”.

Morte
A irmã falou sobre o atentado que sofreu na cidade, onde o jovem, identificado por João Neto atirou contra ela e ameaçou outra religiosa. “Ele atirou no meu coração, mas a bala desviou e perfurou o pulmão, mas fui muito bem tratada. É coisa de Deus”

Aurélia declarou que perdoou o homem que por pouco não acabou com sua vida. “Porque não perdoar? Só tinha vontade de falar com ele para perguntar por que ele tinha feito aquilo. Não tenho raiva, tenho pena”

João Neto morreu um dia após ter ganhado a liberdade da colônia penal de Sousa.

DIÁRIO DO SERTÃO

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada