header top bar

José Antonio

section content

Centenário de nascimento de Deusdedit Leitão

10/05/2021 às 09h00

Historiador e escritor paraibano - Deusdedit Leitão. (Coluna de José Antonio).

Por José Antonio

A cidade de Cajazeiras iniciou no dia 07 de maio, as comemorações dos Cem anos do Nascimento de um de seus filhos mais ilustres: Deusdedit de Vasconcelos Leitão.

A contribuição e a participação dele na vida cultural de Cajazeiras são de um valor inestimável e o seu legado para a sua História, imagino, jamais será suplantado.

Nele o que mais o engradecia era a sua eterna paixão por Cajazeiras, o amor pela sua história, pelo seu povo. Estar em Cajazeiras, visitar os amigos, andar pelas suas ruas, becos e vielas, ir ao coreto da Matriz de Nossa Senhora de Fátima, andar pelo balde do Açude Grande, percorrer a Rua Juvêncio Carneiro, ver o local onde nasceu, se embrenhar pelas passagens estreitas das bancas do Mercado Público, da Praça Cardeal Arcoverde contemplar a majestade da Catedral de Cajazeiras e visitar a Biblioteca Pública Castro Pinto, além de outras localidades, eram os prazeres e desejos de Deusdedit. Seus olhos brilhavam de alegria e felicidade.

Quando afirmo que os seus trabalhos e pesquisas jamais serão suplantados por outros estudiosos sobre a História de Cajazeiras, é porque não tenho encontrado outras pessoas que venham se dedicando tanto o quanto ele em “garimpar” em tudo o que é arquivo.

Estava eu, certo dia, por volta nas nove horas da manhã, na Rádio Alto Piranhas, quando recebi a visita de Deusdedit. Uma grande e boa surpresa. E logo indaguei – que buscas? E ele respondeu: estou indo a Missão Velha a procura de um Soneto, que tive noticia ter sido publicado em um jornal que circulou pelo Cariri Cearense na década de quarenta.

Quem já teve o prazer de ler o seu livro “Ruas de Cajazeiras” pode perceber a riqueza de informações que nele está contido sobre a nossa História. Este livro nos mostra os caminhos por onde devemos dar continuidade e ampliar os nossos conhecimentos, a partir dos dados pesquisados por ele, que segundo o mesmo levaram/duraram mais de quarenta anos de anotações.

Outra grande contribuição de Deusdedit foi na área da Genealogia: suas profundas pesquisas nas sacristias, cartórios e nos arquivos familiares, é o que nos dá a dimensão do seu grande labor e nos oferta através de suas publicações em jornais, revistas e livros a compreensão, a partir dos fundadores de Cajazeiras: Vital de Sousa Rolim e Ana de Albuquerque, de como a cidade de Cajazeiras foi forjada através da união de várias famílias.

No seu livro “Bacharéis paraibanos pela Faculdade de Olinda. 1832-1853” vamos encontrar informações preciosas sobre o primeiro filho de Cajazeiras: Manuel de Sousa Rolim, único irmão de Padre Rolim, a se tornar Bacharel em Direito. Não fora as pesquisas de Deusdedit, seria mais um cajazeirense a viver quase no anonimato.

Nos livros “Os Gomes Leitão-Ramos de Lavras, Crato e Cajazeiras” e “São José de Piranhas-notas para a sua história”, estão também publicadas importantes informações sobre a História de Cajazeiras.

O livro “O educador dos sertões – Vida e obra do Padre Inácio de Sousa” é indiscutivelmente o trabalho mais importante de Deusdedit sobre a História de Cajazeiras, publicado dentro das comemorações do Bicentenário de nascimento do Padre Rolim.

Em seu livro de memórias “Inventário do Tempo” vários capítulos são dedicados a Cajazeiras, resgatando vários fatos do cotidiano de Cajazeiras.

Deusdedit era uma pessoa que irradiava luz e paz com sua presença e de uma humildade sem limite. Quando elogiado pelo seu grande valor como um homem de muitos conhecimentos, com serenidade dizia: apenas gosto e amo muito que faço. Era de uma modéstia inigualável.

Cajazeiras tem um preito de gratidão sem tamanho pelo seu legado em favor da nossa cultura. Tudo o que eu aprendi sobre a História de Cajazeiras, com fontes seguras e inquestionáveis, devo ao meu eterno, saudoso e inesquecível amigo.

Deusdedit é uma estrela que brilha no céu.

Viva Deusdedit! Salve o seu centenário de nascimento!

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

TROPEÇA MAS NÃO CAI

VÍDEO: Homem é atropelado, jogado por cima do capô e ainda consegue manter-se de pé, em Cajazeiras

OUTRA REALIDADE

VÍDEO: Após apelo na TV Diário do Sertão, ambulante quita dívidas e reata relacionamento com companheira

NÃO VACINADOS

VÍDEO: Médico de Cajazeiras atribui aos mais jovens as aglomerações em bancos e baladas clandestinas

POLÍCIA CIVIL

VÍDEO: Mais um envolvido no assalto à casa de Carlinhos do Paredão, em Cajazeiras, é preso pela polícia

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!